exportações

Exportações de vinhos portugueses crescem 2,48% no 1º trimestre de 2022
exportações, mercado, vinhos

Exportações de vinhos portugueses crescem 2,48% no 1º trimestre de 2022

O 1º trimestre de 2022 foi positivo para as exportações de vinhos portugueses, em comparação com o mesmo período de 2021. De acordo com os dados divulgados pela ViniPortugal, de janeiro a março de 2022 registou-se um aumento de 2,48% em valor e 4,07% em preço médio nas exportações comparativamente com o período homólogo de 2021, tendo ultrapassado os 212 milhões de euros. É de salientar o crescimento das exportações nos mercados do Canadá (+32,02%), Angola (+46,27%) e Suíça (+11,71%). As exportações com destino ao mercado comunitário registaram uma quebra em volume (-4,80%) e em valor (-3,00%), ainda assim, registou-se um aumento do preço médio (+1,89%). Relativamente a Países Terceiros, as exportações aumentaram 1,39% em volume, 7,64% em valor e 6,17% em preço médio, e...
exportações, produtores, provas de vinhos

Produtores de vinho rumam a Londres

70 produtores portugueses e importadores estarão presentes na Prova Anual de Londres da Wines of Portugal, marcada para a próxima terça-feira, dia 29 de março, das 10h às 16h30, a decorrer na St. Mary's Church, Marylebone. Este dia, em que está prevista a participação de 250 pessoas, será também o momento para assinalar o regresso às provas presenciais no Reino Unido e celebrar um ano de recorde para os vinhos portugueses, em que o crescimento global foi de 8,19% em valor (2021 vs 2020), estando as exportações a valer agora 926 milhões de euros. Prova Anual de Londres da Wines of Portugal - copyright Phil Tragen 2021 “Os produtores portugueses estão ansiosos para regressar aos seus principais mercados, estar presencialmente com os clientes e dar-lhes a conhecer as suas novidades...
exportações, mercados, Vinhos do Tejo

VINHOS DO TEJO A CRESCER EM RECONHECIMENTO E EXPORTAÇÕES

Os Vinhos do Tejo confirmaram a sua dinâmica exportadora com uma evolução muito positiva nas exportações de 2016, relativamente a 2015, nomeadamente nas exportações para a Polónia e para o Brasil, dois dos principais mercados externos estratégicos da região. Na Polónia as exportações cresceram 161% de Janeiro a Dezembro de 2016. Já no Brasil o aumento foi de 71%, no período homólogo. Também as exportações para a China, importante mercado para a região, evidenciaram um crescimento em 2016, continuando com uma dinâmica muito positiva, tendo alcançado um crescimento de 4,5%, no período acima mencionado. Alguns mercados emergentes também se destacaram ao longo de 2016, com especial destaque para a Lituânia, Colômbia, Canadá, República Checa e Bélgica, que registaram aumentos significativos....