Domingo, Outubro 2Bem vindo(a) #winelover 😀

Ásia

Lavradores de Feitoria aposta no mercado asiático
Ásia, medalha, mercado

Lavradores de Feitoria aposta no mercado asiático

Com um modelo de negócio peculiar – resultante da união de vários produtores de vinho na criação de uma empresa comum –, a duriense Lavradores de Feitoria tem primado por dar um passo de cada vez, a fim de sustentar o seu crescimento. Com a maioridade atingida em 2018, uma forte presença no mercado nacional e distribuição em mais de 20 mercados mundiais, a aposta na Ásia – com foco na China e no Japão – acontece de há três anos a esta parte. É precisamente do Japão que chegam boas-novas. Num país com 127 milhões de habitantes e onde o grau de exigência dos consumidores é bastante elevado, o ‘Lavradores de Feitoria branco’, da colheita de 2016, foi posto à prova do ‘Sakura - Japan Women’s Wine Awards’ e arrecadou ‘Medalha de Ouro’. Uma conquista que o certifica como um vinho franco ...
Começar 2019 com uma viagem à Asia?
Ásia, Gastronomia, Restaurante

Começar 2019 com uma viagem à Asia?

O primeiro dia do ano pode sempre ser complicado (excessos de Réveillon, quem nunca?!), por isso há já uma boa notícia a circular: o Soão estará aberto ao longo de todo o dia, para se começar 2019 com os melhores sabores asiáticos, e desafia a uma viagem pelos pratos de seis países diferentes logo no primeiro de 365 novos dias. E isto só melhora: a 1 de Janeiro estará disponível o Bloody Ming, a mais recente criação do Head Bartender Vasco Martins! Das 12h30 às 15h30 e das 19h30 às 23h00, a taberna asiática de Alvalade recebe todos os que quiserem um 2019 bem condimentado: seja no piso da taberna asiática, com o balcão de robata e a agitação que caracteriza a sala, seja nas salas privadas do andar inferior, mais calmas e misteriosas, todos serão bem-vindos. Para lá de uma extensa cart...
Alvarinho, Ásia, vinho verde

Alvarinho de Monção e Melgaço afirma-se na gastronomia asiática

Fazendo jus, à longa história de contacto do povo português com o Oriente, o Soalheiro pretende continuar a contribuir para um acentuado e sólido conhecimento do Alvarinho de Monção e Melgaço nos mercados asiáticos. Com presença no Japão, Macau, Hong Kong e Singapura, a 1ª Marca de Alvarinho de Melgaço demonstra que os Alvarinhos da região têm perfis que harmonizam na perfeição com diferentes estilos de gastronomia seja ela nipónica, chinesa ou até mesmo cantonesa.Mais uma vez, os mercados asiáticos ficaram rendidos aos aromas e sabores da 1ª Marca de Alvarinho de Melgaço. O Soalheiro Clássico 2017 conquista a medalha de ouro no ASIA WINE & SPIRITS AWARDS 2018 (AWSA). A avaliação é feita, em prova cega, por Sommeliers de topo de toda a Ásia, juntamente com um painel de Master Sommelier...
Ásia, Caves Calém

Caves Cálem eleitas Best Choice 2015

As Caves Cálem foram distinguidas com o prémio “Best Choice 2015” por juízes e visitantes asiáticos que elogiaram a qualidade dos serviços prestados e dos seus produtos. Este é um reconhecimento extremamente importante sobretudo no mercado Asiático, relevante para o reforço da notoriedade da marca Cálem, quer do ponto de vista dos seus vinhos, como de destino enoturístico, junto deste importante mercado.O sistema de classificação da plataforma Asiática "Top Choice" abrange quatro categorias de avaliação independentes: lojas, atrações turísticas, restaurantes e hotéis. A medalha original é criada para cada categoria e concedida apenas uma vez por ano.“Devido à sua popularidade, qualidade de atendimento, instalações e Vinhos do Porto, as Caves Cálem foram votadas como "Top Choice 2015". O se...
Ásia, mercado, ViniPortugal

ViniPortugal quer reforçar presença no triângulo Hong Kong/Macau/China

As exportações de vinhos portugueses para o triângulo Hong Kong/Macau/China estão a crescer, mas a ViniPortugal quer reforçar a presença dos produtos nacionais na região, disse à Agência Lusa Márcio Ferreira.“Estamos a registar crescimentos significativos e importantes para o sector vitivinícola português, mas é necessário continuar a trabalhar estes mercados com presenças assíduas dos produtores no contacto directo com os operadores do sector da hotelaria e com os importadores locais”, explicou Márcio Ferreira, que lidera uma delegação da ViniPortugal numa deslocação a Hong Kong.Márcio Ferreira referiu que, apesar de ser ainda um mercado pequeno, com 120.000 litros de vinho vendido em 2008, as exportações portuguesas para Hong Kong aumentaram 26% em volume naquele ano e 44% em valor para ...