Sexta-feira, Outubro 7Bem vindo(a) #winelover 😀

aquisição

Grupo Abegoaria adquire Vidigal Wines
aquisição, mercado

Grupo Abegoaria adquire Vidigal Wines

Manuel Bio, CEO da Encostas de Alqueva (Grupo Abegoaria), comunicou hoje a aquisição da Vidigal Wines, empresa sedeada em Cortes (Leiria) e desde há muito com uma posição de relevo no mercado internacional, exportando mais de 90% da sua produção, sobretudo para a União Europeia e América do Norte. Um dos vinhos portugueses de maior notoriedade na exportação é o bem conhecido Porta 6, da região de Lisboa, que em 2021 ultrapassará os 5 milhões de garrafas vendidas para mais de 40 mercados distintos. Herdade Abegoaria dos Frades Mas do portefólio da Vidigal Wines constam outras marcas de sucesso, como Brutalis, Coragem, Julia Florista, Boa Noite Lisboa e Zavial. António Mendes Lopes, até agora acionista maioritário (restante quota de capital norueguês) e mentor da Vidigal Wines...
Grupo Roullier adquire Quinta do Hospital
aquisição, mercado, vinhos verdes

Grupo Roullier adquire Quinta do Hospital

O Grupo francês Roullier, através da filial de vinhos em Portugal – a Falua, acaba de adquirir a Quinta do Hospital, em Monção, fortalecendo a operação de viticultura e produção de vinhos na Região dos Vinhos Verdes, onde detém agora uma propriedade com uma área total de 25 hectares, dos quais 10 ha são já dedicados em exclusivo à casta Alvarinho. Em plena sub-Região de Monção e Melgaço, a Quinta do Hospital desenha-se numa propriedade totalmente murada com uma casa senhorial – o Solar do Hospital – que remonta ao século XII, período da História em que D. Teresa terá doado as terras à Ordem Hospitalária de São João de Jerusalém ou Ordem do Hospital, para que os Hospitalários se instalassem no Condado Portucalense. Quinta do Hospital Na Idade Média, os hospitais eram espaços cria...
Grupo Sogevinus adquire histórica Quinta da Boavista
aquisição, douro

Grupo Sogevinus adquire histórica Quinta da Boavista

Quinta da Boavista A Sogevinus acaba de adquirir a histórica Quinta da Boavista, uma propriedade de 80 hectares que fez parte da primeira delimitação da região do Douro levada a cabo pelo Marquês de Pombal em 1756. Localizada na margem direita do rio Douro, em plena região do Cima-Corgo, foi propriedade do emblemático Barão de Forrester no século XIX, e pertencia, desde 2013, à empresa Lima Smith. Um panorama geométrico de socalcos xistosos construídos à mão que chegam a atingir os 8 metros de altura, aliado a condições climatéricas específicas, fazem da Boavista um terroir único.  Quinta da Boavista Dos 80 hectares da propriedade, 36 ha são área de vinha, onde se destacam as castas Donzelinho, Tinto Cão e Touriga Nacional.  Vinhos Quinta da Boavist...
Quinta do Noval adquire Quinta do Passadouro
aquisição, douro

Quinta do Noval adquire Quinta do Passadouro

A Quinta do Noval acaba de anunciar a compra da Quinta do Passadouro. Leia o comunicado na íntegra: "É com muito prazer que anuncio que adquirimos a Quinta do Passadouro à família Bohrmann, nossos vizinhos e amigos há muitos anos.  A vinha do Passadouro é composta por duas parcelas principais, ambas semelhantes às parcelas da Quinta do Noval. Uma parcela no vale do Pinhão, onde se encontra a maioria da vinha da Noval, e que é considerado um dos melhores terroirs de vinha do Douro. E outra parcela no Roncão, onde a Noval também tem uma área de vinha importante com um terroir de alto nível. Os Vintages da Quinta do Noval são produzidos com uvas dos vales do Pinhão e do Roncão, e conhecemos a qualidade das vinhas vizinhas do Passadouro.  A equipa do Passadouro vai cont...
Santos&Seixo adquire Encosta do Sobral
aquisição, vinhos

Santos&Seixo adquire Encosta do Sobral

Este é o início de uma nova aventura para a Santos&Seixo. O crescimento desta empresa familiar abriu portas a uma nova realidade e no passado mês de Junho a Santos&Seixo adquiriu a Encosta do Sobral, na sub-região de Tomar. “Quando surgiu esta oportunidade e visitámos a Encosta pela primeira vez ficámos absolutamente apaixonados pelo que vimos e pelo que provámos. Soubemos naquele momento que era esta a direcção que queríamos seguir”, diz Pedro Seixo. “Esta decisão reflecte o crescimento que a empresa tem tido nos primeiros anos de vida e era o passo natural a seguir”. Hoje a Encosta do Sobral perfaz os 60 hectares de vinha com uma capacidade de vinificação de 1.5 milhões de garrafas. O próprio nome remete-nos imediatamente para a inclinação destas vinhas, com muitas sim...
Sogrape faz aquisição histórica
aquisição, distribuição, mercado

Sogrape faz aquisição histórica

Na sequência da parceria estratégica iniciada em 2017, a Sogrape acaba de adquirir uma posição maioritária na Liberty Wines, uma das mais importantes e reconhecidas empresas de distribuição de vinho no Reino Unido. Este passo simboliza mais um ato de coragem por parte do líder Português, que em época de incerteza provocada pelo Brexit, investe no mercado com uma visão de longo prazo para reforçar a sua posição competitiva. No contexto de uma estratégia de criação de valor para as suas marcas, a Sogrape passa a deter uma posição maioritária na estrutura acionista da Liberty Wines, assumindo assim o controlo da empresa eleita este anos pela segunda vez consecutiva “Wine Merchant of the Year” (Distribuidora do Ano) pelo International Wine Challenge. David Gleave, fundador da empres...
Sogrape adquire Quinta da Romeira
aquisição, Lisboa, Sogrape

Sogrape adquire Quinta da Romeira

Lisboa, Bucelas, Arinto. Assim se define o mais recente investimento da Sogrape, que arranca 2019 em grande, reforçando a sua liderança na categoria dos vinhos portugueses e procurando afirmar-se como produtor de referência numa região que tem vindo a conquistar cada vez mais consumidores a nível mundial. A aquisição da Quinta da Romeira, com 75 hectares de vinha, a maior folha de Arinto do país, simboliza a entrada da Sogrape na região de Lisboa. Líder incontestado em Portugal, no portfolio da Sogrape estavam em falta os cada vez mais aclamados vinhos de Lisboa. Fundada em 1942, com Mateus Rosé como joia da coroa, a empresa passou, entretanto, por um enorme período de diversificação nacional e internacional, e hoje o seu nome é uma referência quando se pensa no Douro (Casa Ferreirinha...