Quinta-feira, Fevereiro 2
Shadow

Nova camélia de patente portuguesa honra o Vinho do Porto

Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, I.P. (IVDP, IP), e a Associação Portuguesa das Camélias (APC) levaram a cabo o Concurso Camélia Vinho do Porto, que teve como vencedor Rodrigo Leitão, do Viveiro das Camélias, sediado em Penafiel.

O certame visou criar uma nova cultivar (termo que designa uma alteração híbrida provocada através de cruzamentos, enxertos, seleções ou outros processos que alteram as características da planta), através do género Camellia, a inscrever no International Camellia Register, sob o nome ‘Vinho do Porto’.

Como que homenageando a paixão que a cidade e o Douro Vinhateiro têm pela espécie.

Nova camélia de patente portuguesa honra o Vinho do Porto
Nova camélia de patente portuguesa honra o Vinho do Porto

Esta região tem uma ligação histórica às camélias, desde o século XIX, sendo alvo de vários escritos de homens ligados à viticultura do Douro”, lembra Gilberto Igrejaspresidente do IVDP, acrescentando que este concurso “promove e valoriza a camélia enquanto património biológico e cultural”.

O vencedor criou a «Camellia Japónica Vinho do Porto», com patente portuguesa, num exemplar com 15 anos que exibe flores vermelho-escuro, de tamanho médio e em forma de anémona. Esta cultivar resulta do cruzamento das Camellia japonica ‘Bokuhan’ e C. japonica ‘Kokuryū’, de origens tradicionais japonesas, criadas em 1719 e 1859, respetivamente.

Nos dias finais de dezembro último, o júri apurou o vencedor em conformidade com o regulamento estabelecido e dado a conhecer aos participantes. Fizeram parte do painel os jurados Gilberto Igrejas, António Filipe, em representação dos Exportadores de Vinho do Porto, Rui Paredes, pela parte dos viticultores da Região Demarcada do Douro (representado por Ana Brochado Coelho), Clara Gil de Seabra, em nome da APC e Paulo Farinha Marques, diretor do Jardim Botânico do Porto.

LEIA TAMBÉM:  Inscrições para a 10ª edição do Concurso Vinhos de Portugal já se encontram abertas

A cerimónia de plantação de um exemplar da Camellia japonica ‘Vinho do Porto’ no Jardim Botânico da Universidade do Porto irá decorrer em março de 2023.