Quinta-feira, Fevereiro 2
Shadow

Quinta da Côrte apresenta o seu primeiro Tawny Colheita

Quinta da Côrte acaba de apresentar dois novos vinhos – Quinta da Côrte Vintage 2020 e Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014 – que vêm reforçar o portefólio desta quinta localizada em Valença do Douro, propriedade de Philippe Austruy.

Estas duas referências são perfeitas para acompanhar a quadra natalícia e brindar ao ano novo que está prestes a chegar.

Quinta da Côrte Vintage 2020
Quinta da Côrte Vintage 2020

“O Quinta da Côrte Vintage 2020, uma raridade que foi produzida num ano muito especial, e o Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014, um vinho single quinta que chega agora ao mercado depois de muitos anos de trabalho de envelhecimento, e que é uma grande alegria para a nossa equipa, depois de toda a expectativa que tínhamos, são as mais recentes novidades com o selo da Quinta da Côrte. Estes dois vinhos, assim como todos os nossos Vinhos do Porto, são produzidos a partir de uvas das nossas vinhas velhas, lavradas e trabalhadas a cavalo, e que têm uma vinificação com pisa a pé. É uma honra para nós perpetuar estas tradições tão antigas e os métodos artesanais. Estas novas referências são muito especiais, e muito distintas entre si, mas têm um fator em comum: foram feitos com toda a paixão pela equipa da nossa quinta”, frisa Marta Casanova, diretora-geral da Quinta da Côrte desde 2013.

Com aromas intensos de groselha, amora, geleia de framboesa, cacau, tabaco, pimenta e cardamomo, o Quinta da Côrte Vintage 2020 – com uma produção muito limitada, entre 2300 e 3200 garrafas (apenas 120 garrafas alocadas ao mercado português) -, é o terceiro Vinho do Porto Vintage lançado por este produtor e foi criado exclusivamente a partir de uvas da parcela mais antiga da Quinta da Côrte, com 110 anos de idade. Apresenta cores grená e reflexos retintos e teve uma vinificação em lagares com pisa a pé e estágio em tonéis de madeira. É generoso, aveludado e sensual no paladar, e tem notas de frutos silvestres maduros e especiarias com um fundo de vivacidade, um conjunto equilibrado e harmonioso. Este vinho, que acompanha bem com queijo da Serra da Estrela ou DOP de Azeitão, Stillton ou um Roquefort, e ainda com fondant de chocolate negro ou um prato de pato assado no forno com molho de groselha, tem um acabamento longo e carnudo, e uma notável capacidade de reserva. A Quinta da Côrte pretende lançar os seus Vintages somente em anos excecionais, – como 2020 se revelou – com uvas de qualidade superior, e em edições limitadas. 

LEIA TAMBÉM:  São Valentim no The Yeatman - Jantar com menu da autoria do Chefe Ricardo Costa

A par do Quinta da Côrte Vintage 2020, a quinta produtora do Douro, que dispõe de 25 hectares de vinha, 12 dos quais de vinha velha, apresenta ainda outra novidade: o Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014.

Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014
Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014

Produzido através de uma mistura de castas das parcelas velhas de Quinta da Côrte, este Vinho do Porto Tawny, de uma só colheita, harmoniza na perfeição com sobremesas de chocolate ou doces de ovos, queijos amanteigados, amêndoas e castanhas. Este é o primeiro “Tawny Colheita” desta quinta do Douro que, a partir de agora, pretende lançar este tipo de vinhos anualmente.

Esta recente novidade, com uma produção ainda mais exclusiva, de 1200 garrafas (600 alocadas a Portugal), apresenta uma cor aloirada e notas de frutos secos como amêndoa e avelã, evoluindo para notas de torrefação. Na boca, é complexo e tem uma boa acidez e estrutura, sendo longo e elegante. O Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014 teve uma vinificação feita em lagares com pisa a pé e um estágio em pipas antigas de 600 litros, durante sete anos.

O Quinta da Côrte Vintage 2020 tem um valor de 95 euros e o Quinta da Côrte Tawny Colheita 2014 de 45 euros. Estes vinhos encontram-se à venda em garrafeiras e lojas da especialidade, em todo o país.

Uma vez que estes lançamentos se cruzam com a época das festividades, a Quinta da Côrte sugere também estes vinhos como uma boa opção para surpreender a família e os amigos no Natal, ou para brindar na noite de Passagem de Ano.