Quinta-feira, Fevereiro 2
Shadow

Grainha – Semente a semente, nasce uma grande marca

O primeiro Grainha nasceu em 2005. Inspirado na grainha da uva de onde é possível obter compostos fundamentais de um vinho com proteínas, taninos condensados e extratos aromáticos, os Grainha Reserva mantêm, ano após ano, o perfil de um Douro mais profundo e gastronómico, com maturação em madeira, complexos no nariz, bem estruturados em boca e que revelam uma precisão muito especial. 

Desde o primeiro Grainha que pensamos em dois vinhos, um Reserva branco e um Reserva tinto, que demonstrassem o caráter das nossas terras, com um estágio em madeira e uma estrutura diferenciadora no Douro, revelando um enorme prazer à mesa”, relembra Luisa Amorim, CEO Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo a propósito da criação do Grainha.

Ao longo dos anos, a marca Grainha tornou-se uma referência incontornável dos vinhos portugueses, mantendo a consistência desde a primeira edição em 2005 (tinto) e 2006 (branco). Hoje damos mais um passo no reforço da sua identidade não deixando de ser um clássico num tempo cada vez mais avançado”, conclui.

Mais sofisticada e universal, a nova imagem, que tem a assinatura de Eduardo Aires, do Studio Eduardo Aires, presta homenagem à história do Grainha, posicionando-o no futuro.

Grainha - Semente a semente, nasce uma grande marca
Grainha – Semente a semente, nasce uma grande marca

A ideia central deste rótulo baseia-se na construção simbólica da presença de um sinal visual, que é cumulativamente uma representação da ‘grainha’ e um registo da pinta da letra i, que migra para um espaço central, definido implicitamente por uma linha em relevo seco que evoca a forma de um bago de uva. A máxima tensão compositiva entre o mínimo sinal visual, e o máximo do espaço branco que o suporta, atribui à composição final um patamar diferenciador, que, por afinidade, deve representar de igual forma o vinho que a garrafa contém.”

Grainha Reserva branco 2021
Grainha Reserva branco 2021

O Grainha Reserva branco 2021 é um vinho que seduz pela sua frescura, mineralidade, intensidade aromática e estrutura firme”, explica Ana Mota, Diretora de Produção e Sustentabilidade na Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, enquanto “de cor vermelha intensa com laivos violeta, o Grainha Reserva tinto 2021 demonstra uma excelente estrutura, taninos maduros de dimensão e amplitude, que reflectem a suculência do ano e a mineralidade de uma colheita fresca”. 

De 2021, ficará na memória o ano fresco, com um verão pouco quente e uma vindima com alguma precipitação. As condições naturais e as noites frescas contribuíram para uma maturação lenta e gradual, favorecendo o equilíbrio da uva e guardando perfumes primários, uma textura suculenta e frescura cintilante.

LEIA TAMBÉM:  Sociedade Vinícola de Palmela lança 5 novos moscatéis premium com design distinto

Para a equipa de enologia da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, Jorge Alves e Mafalda Machado, o Grainha Reserva branco 2021 que nasce nas terras altas do Douro “mistura as texturas, a frescura, o corpo redondo de uvas amadurecidas sem pressa, com a expressão de fruta fresca, de especiarias e notas de baunilha, num equilíbrio magnífico entre seriedade, tensão e delicadeza. É um branco com uma enorme complexidade que termina longo e muito preciso.

Grainha Reserva tinto 2021
Grainha Reserva tinto 2021

Por sua vez, no Grainha Reserva tinto 2021reencontra-se o caráter do xisto duriense. Sofisticado desde o início, traz a dimensão do Douro em cada gota, inunda com uma generosa mistura de aromas frutados, densos e especiados, de textura sedosa, taninos finos e estrutura tridimensional, demonstrando a gravidade certa e a amplitude de um vinho muito equilibrado, que termina longo e com muita precisão”.

Com o selo de qualidade da Quinta Nova de Nossa Senhora do Carmo, o Grainha Reserva branco e o Grainha Reserva tinto são vinhos que falam da nossa terra. Com a apresentação desta nova colheita, estes vinhos que trazem a dimensão do Douro em cada gota, reforçam assim a sua identidade numa linguagem internacional.

Grainha Reserva branco 2021 
Castas: Gouveio, Viosinho, Rabigato e Fernão Pires 

Solos: Graníticos e de transição | Zonas: Cima Corgo 

Produção: 32.000 garrafas
PVP Recomendado: 14,99€

Grainha Reserva tinto 2021 
Castas: Touriga Franca, Tinta Roriz, Tinto Cão, Tinta Barroca, Touriga Nacional 

Solos: Xistosos | Zonas: Cima Corgo
Produção: 35.000 garrafas
PVP Recomendado: 14,99€