Sexta-feira, Dezembro 2Bem vindo(a) #winelover 😀

Depois de Jupiter, Uranus

A ideia não foi consensual. Aplaudida por muitos, criticada por alguns, a paixão de vida do consultor internacional de vinhos, Cláudio Martins, da Martins Wine Advisor, de lançar uma série limitada de Vinhos do Outro Mundo, tantos quantos os planetas do sistema solar, começou em português, com o alentejano Jupiter, em 2021.

O vinho produzido na Herdade do Rocim esgotou as 800 garrafas em todas as frentes e só é possível adquiri-lo a investidores, a valores 30 por cento superiores aos 1000 euros com que foi lançado no mercado.

O próximo Wine From Another World está escolhido.

Depois de Jupiter, Uranus
Depois de Jupiter, Uranus

É o planeta Uranus,  o sétimo planeta a partir do Sol, o terceiro maior e o quarto mais massivo dos oito planetas do Sistema Solar, que homenageia o gelo, é espanhol, da região de Priorat. Serão produzidas 500 garrafas e alguns grandes formatos que vão até aos 12 litros, com valores que partem dos 1700 euros.

O lançamento foi  feito em Madrid, dentro do mesmo registo: membros do clube Wines From Another World e apreciadores e investidores de vinhos únicos.

Claúdio Martins e o novo vinho Uranus
Claúdio Martins e o novo vinho Uranus

“Para a maioria dos colecionadores, Portugal não seria uma escolha óbvia, mesmo assim arriscamos e superou todas as expetativas. Foi polémico, estou ciente, mas acima de tudo impôs a reflexão que há muito tarda: Portugal produz vinhos do mesmo calibre que os grandes vinhos de Priorat, Napa Valley, da Toscana ou da Rioja, mas continuamos sem os valorizar devidamente. Com Jupiter, chamamos a atenção para Portugal e apresentamos um vinho de qualidade a pessoas que podem realmente apreciar a sua história e o seu carácter. Com Uranus, continuamos nos “vinhos novos”, de qualidade extrema, com uma capacidade de envelhecimento extraordinária e muito apetecíveis para os novos consumidores, apreciadores de vinhos diferenciadores”.

Claúdio Martins, CEO da Martins Wine Advisor

Para Dominik Huber, da Terroir al Limit, de Priorat, o produtor de Uranus, “foi uma honra ter sido desafiado pelo Cláudio Martins para dar seguimento ao projeto Wines From Another World e dar corpo ao Uranus é um orgulho enorme”. “Uranus é um vinho novo, com uma extraordinária capacidade de envelhecer e que vai colocar Priorat e todos os seus produtores a despertar o interesse de novos consumidores, milenares, que querem comprar produtos de alta qualidade a um preço mais elevado, porque sabem que estes vinhos particulares lhes darão prazer, retorno de investimento, prestígio, estatuto”.

A ideia, concretizada em parceria com Pedro Antunes, da Sparrow Creative Solutions, quer proporcionar descobertas vínicas únicas em todo o mundo, para uma comunidade eclética de conhecedores de vinhos.

Projeto Wines From Another World - Uranus
Projeto Wines From Another World – Uranus

Tendo como conceito o sistema solar, Wines From Another World vai adicionar um vinho a cada ano, até que haja nove vinhos para representar cada planeta do sistema solar, ao fazer uma viagem pelas principais regiões vinícolas do mundo, a começar e acabar em Portugal, apresentando alguns dos vinhos mais raros e exclusivos, com apenas 500 a 1000 garrafas produzidas, usando uvas indígenas, métodos tradicionais e até antigos – criando vinhos que contam histórias e a história dos lugares em que são feitos.

LEIA TAMBÉM:  Esporão é reconhecido com o Robert Parker Green Emblem

O primeiro vinho, lançado em 2021, teve o nome de Jupiter, português, do Alentejo, vendido a 1000 euros a garrafa, com uma edição limitada de 800 exemplares, rapidamente esgotou, sendo hoje um vinho de investimento. Pedro Ribeiro, da Herdade do Rocim, foi o primeiro produtor, que se juntou ao wine advisor Cláudio Martins.

“Houve quem criticou pela negativa e considerou que era um disparate, mas hoje mais que em 2021, é obrigatório admitir que foi algo verdadeiramente excecional, que nos catapultou enquanto produtores e enquanto país, fazendo realmente a diferença na notoriedade que temos de afirmar. O Jupiter continua não só a ser notícia como também a andar nos circuitos de investimento”.

Pedro Ribeiro, enólogo e administrador da Herdade do Rocim

Priorat é a região que se segue. A apresentação do vinho, decorreu na capital espanhola e seguiu a mesma dinâmica desenhada para Lisboa, em 2021: um evento restrito para membros do clube Wines From Another World e apreciadores e investidores de vinhos espanhóis. Ao longo dos próximos sete anos, terão lugar outros vinhos das regiões de Bordéus, Champagne, Toscana, Napa Valley, Mosel, Geórgia e o Douro.

“Estamos a voltar às raízes do vinho, usando métodos ancestrais para trazer de volta ao mundo moderno sabores e saberes antigos, criando algo completamente único e extraordinário que o sector nunca viu antes. Estes nove vinhos tornar-se-ão rapidamente alguns dos vinhos mais cobiçados nas próximas décadas e, logicamente, o seu valor aumentará exponencialmente durante esse período. É por isso que estamos a ser tão seletivos com quem estamos a convidar para adquirir estes vinhos. Não estarão disponíveis em qualquer loja. São um verdadeiro artigo de coleção e queremos que esteja nas mãos de conhecedores absolutos que apreciarão verdadeiramente o seu carácter tão especial”.

Cláudio Martins