Terça-feira, Outubro 4Bem vindo(a) #winelover 😀

Lamego recebe o Douro & Porto Wine Festival já este fim de semana

As portas do maior festival de vinho do país abrem já este fim de semana, para uma primeira edição que promete ser inesquecível. Nos próximos dias 17 e 18 de setembro, o Douro & Porto Wine Festival prepara-se para receber milhares de festivaleiros, num espaço onde a gastronomia, o vinho, a música e o entretenimento se celebram num equilíbrio ideal.

Lamego recebe o Douro & Porto Wine Festival já este fim de semana
Lamego recebe o Douro & Porto Wine Festival já este fim de semana

De forma a promover os vinhos e as quintas da região, proporcionando a todos os visitantes uma experiência sensorial única, sobre um dos mais bonitos cenários do mundo, a programação do festival foi pensada ao pormenor para tornar a experiência dos visitantes memorável. Assim, das 16h às 2h da manhã, as portas do festival estão abertas e, à chegada ao recinto, existem duas opções de entrada:

Entrada normal – Com acesso aos dois palcos do evento (Douro & Porto Stage e Cooking Stage), à zona de alimentação e às casinhas das quintas do Douro, para além de diversas experiências proporcionadas por parceiros do evento.

Entrada Vip (Acesso à privilege área) – Com acesso a uma tenda onde decorrerão concertos exclusivos no intervalo dos concertos do palco principal, uma zona com alimentação especial, sem necessidade de estar nas filas do recinto principal, e oferece ainda acesso a um golden circle, que permite aos visitantes assistir aos concertos na primeira fila.

Douro & Porto Stage

Quanto à oferta musical, o Douro & Porto Wine Festival traz a Lamego os artistas ideais para animar as últimas noites de verão, 100% alinhados com o conceito do festival. Assim, no primeiro dia, sobe ao palco Douro & Porto Stage o incrível Rui Pregal da Cunha (Heróis do Mar, Lx-90, Kick Out The Jams), com um live Dj set. Em seguida, é a vez de Sérgio Praia, com a Banda do Filme Variações, conquistar a plateia com os maiores hits do intemporal António Variações. Segue-se a cantora Fafá de Belém, num concerto único e preparado ao detalhe para o Douro e a noite termina com Gipsy Kings by Diego Baliardo, num concerto memorável que vai por toda a gente a dançar.

No domingo, dia 18, o Douro & Porto Stage abre da melhor forma com o concerto da Irma, uma das novas promessas do panorama musical, seguida de Tiago Bettencourt, numa apresentação que não vai deixar ninguém indiferente. The Stranglers e Pedro Abrunhosa dispensam apresentações e são os responsáveis por encerrar a noite da melhor forma possível.

Douro & Porto Stage
Dia 17Dia 18
18h – 19h
Rui Pregal da Cunha
18h30 -19h15
Irma
19h45 – 20h45
Banda do Filme “Variações”
20h00 – 21h00
Tiago Bettencourt
21h30 – 22h45
Fafá de Belém
21h45 – 23h00
The Stranglers
23h30 – 01h00
Gipsy Kings by Diego Baliardo
23h30 – 01h00
Pedro Abrunhosa

Cooking Stage

O Cooking Stage é então responsável por levar o melhor do entretenimento e gastronomia nacional até às margens do Douro. Miguel Castro e Silva é o curador deste palco, que conta com José Julio Vintem, Marlene Vieira, António Loureiro, Catarina Nascimento, Tiago Bonito, José Guedes, Dirk Niepoort e Fernando Alvim para criar momentos imperdíveis.

No dia 17, a tarde começa em grande com o Chef Miguel Castro e Silva a apresentar o palco e seguem-se José Julio Vintem, que vai mostrar como desossar um borrego e Marlene Vieira, que acrescenta os Legumes. Segue-se António Loureiro, que apresenta o Lúcio e os peixes do rio e, por fim, Dirk Niepoort vai partilhar com todos os presentes preciosas dicas de paring para os cozinhados.

Posteriormente, é tempo para uma prova comentada de Porto Tawny e Ruby promovida pelo IVDP, com direito a petiscos; um brinde ao Douro & Porto com Chefs a cozinhar e comentar e, por fim, num momento de cumplicidade e companheirismo, sobem ao palco todos os convidados do Cooking Stage, bem como um artista a revelar do Douro & Porto Stage.

No segundo dia de festival, o palco regressa com uma excelente programação: Miguel Castro e Silva começa por apresentar o Palco com Fernando Alvim, e o apetite será aguçado logo em seguida, com Catarina Nascimento a explicar como confecionar trutas; Tiago Bonito traz vitela com Legumes e José Guedes mostra a todos a melhor forma de preparar Barriga de Porco.

Para finalizar a noite, Fernando Alvim sobe ao palco para a despedida com um DJ Set.

Cooking Stage
Dia 17Dia 18
17h30
Miguel Castro e Silva, José Julio Vintem, Marlene Vieira, António Loureiro, Dirk Niepoort
18h00
Miguel Castro e Silva, Fernando Alvim, Catarina Nascimento, Tiago Bonito, José Guedes
19h00
Prova IVDP Comentada de Porto Tawny e Ruby (com petiscos)
19h15
Tomate Coração de Boi (presença do Horticultor)
David Guimaraens (apresenta os melhores vinhos para paring)
20h45
Brinde ao Douro & Porto com Chefs a Cozinhar e comentar
21h00
Brinde ao Douro & Porto com Chefs a Cozinhar e comentar
22h45
Todos os convidados no palco
23h00
Todos os convidados no palco com prova comentada

Sustentabilidade

Consciente da necessidade crescente de contribuir para um planeta mais ecológico e menos poluído, o Porto & Douro Wine Festival assume o compromisso de praticar e promover ações de sustentabilidade, alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) para a década 2020/2030, definidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Tendo como principais objetivos a redução da produção de resíduos e o desperdício zero, o Festival procura fortalecer a cultura de sustentabilidade e responsabilidade, combater as mudanças climáticas com ações locais, fomentar a conservação dos recursos naturais e adotar práticas de produção e consumo mais sustentáveis. Assim, trabalha no sentido de promover a redução da produção de resíduos dos parceiros e festivaleiros, promover a reutilização de resíduos produzidos em fase de montagem, desmontagem e durante o festival e, no final, encaminhar todos os restantes para reciclagem.

LEIA TAMBÉM:  ‘Grouse’ sobrevoa Lisboa para finais de tarde na companhia de um bom Whisky

No que diz respeito às fases de montagem e desmontagem do Festival, as medidas aplicadas são:

  • Priorizar produtos a granel na fase de montagem, facilitando transporte distribuição e venda;
  • Proibir a construção no recinto do Festival;
  • Optar por estruturas modulares e alugadas com objetivo de reduzir significativamente a produção de resíduos nas fases de montagem e desmontagem;
  • Doar materiais após a desmontagem;
  • Na fase de desmontagem e limpeza final do festival, permitir a entrada de outras entidades que possam recolher e reaproveitar materiais, evitando assim, que sejam encarados como resíduos;
  • Doação de sobras alimentares em boas condições às IPSS locais.

Durante o Festival, a estratégia passa por:

  • Adotar a política do copo reutilizável, sendo evitados ainda os materiais de utilização única, como descartáveis, que poderão ser substituídos por materiais compostáveis ou biodegradáveis;
  • Evitar a utilização de sacos de plástico, bem como as embalagens individuais e o excesso de embalagem;
  • Informar todos os Parceiros para a correta separação de todos os resíduos, incluindo orgânicos, para que sejam corretamente destinados;
  • Proibir a distribuição de folhetos no evento e a redução de brindes oferecidos.

Serão ainda aplicadas medidas para promover a utilização racional de eletricidade, a eficiência energética e as fontes de energia renovável. A política dos 3 R’s (Reduzir, Reutilizar e Reciclar) será implementada também no festival, sendo instalados diversos equipamentos e contentores que visam a redução da produção de resíduos no recinto do festival e a aumento da taxa de reciclagem.

Mobilidade Sustentável

De forma a garantir que todos chegam ao festival de forma cómoda, segura e amiga do ambiente, a organização oferece soluções práticas e sustentáveis a todos os visitantes, independentemente de onde venham.

Assim, para quem se dirija ao festival vindo de outra cidade ou país, pode deslocar-se até à cidade do Porto e, aí, apanhar o comboio da linha do Douro até ao Peso da Régua, numa viagem com uma vista de cortar a respiração, onde as deslumbrantes vistas do Douro vinhateiro despertam a curiosidade para a paisagem que os espera no Porto & Douro Wine Festival. Chegando ao Peso da Régua, existem barcos à espera dos festivaleiros para os conduzir até ao recinto do festival.

Quem vem da região, pode deslocar-se até Lamego ou ao Peso da régua e, durante os dias de 17 e 18 de setembro, a organização oferece duas opções de deslocação até ao recinto:

– Através de transfers (barcos) gratuitos, que estarão em circulação entre as 15h e as 02h, efetuando a ligação entre o Cais da Régua e o Porto Fluvial de Cambres, nos dois sentidos de viagem.

– A organização criou parques de estacionamento gratuitos, na cidade de Lamego e do Peso da Régua e também na freguesia de Cambres, dos quais sairão autocarros para o recinto do festival e do recinto para os parques de estacionamento oficiais. O objetivo passa por incentivar o uso de transportes coletivos, diminuindo, consequentemente, a pegada carbónica associada às deslocações necessárias para o festival.

Para quem, ainda assim, decidir deslocar-se de automóvel, será assegurada uma zona especial para estacionamento de táxis na área do Festival. Serão também criados corredores para pedestres, com segurança, nas proximidades do local do evento, com especial atenção aos terminais de transporte coletivo.

Acessibilidade

O Douro & Porto Wine Festival pretende ser um evento inclusivo e acessível, onde os festivaleiros possam aproveitar o evento na totalidade. Para isso, foram adotadas medidas para receber todos os visitantes, sem exceção, com a maior comodidade possível, entre elas:

  • Garantir acesso através da rampa na entrada do Douro & Porto Wine Festival;
  • Criar espaços de estacionamento dedicados;
  • Garantir equipa de apoio especializada logo desde a entrada para apoio a quem precisar;
  • Criar zonas junto aos palcos para pessoas com mobilidade condicionada tenham a melhor experiência possível;
  • WC dedicados com todas as condições necessárias no recinto do Festival.

Objetos proibidos

De forma a assegurar uma boa experiência, em segurança, priorizando o bem-estar de todos os presentes, não é permitida a entrada dos seguintes objetos/artigos no recinto do festival:

  • objetos perigosos (canivetes, qualquer tipo de arma, correntes, cintos e/ou pulseiras pontiagudas, etc.);
  • garrafas plásticas com tampa;
  • bebidas alcoólicas;
  • caixas com comida;
  • máquinas fotográficas/filmar profissionais;
  • gravadores de som;
  • animais;
  • capacetes;
  • stick GoPro/ selfie Stick;
  • objetos de vidro (garrafas/ perfumes, etc.);
  • qualquer objeto que possa ser arremessado.

Está ainda expressamente proibida a entrada com qualquer tipo de bem alimentar ou bebida, seja de plástico ou vidro.

Os bilhetes encontram-se disponíveis aqui e as crianças com idade inferior a 12 anos podem entrar gratuitamente, desde que acompanhadas por um adulto responsável. No evento não irá circular qualquer tipo de dinheiro físico, sendo privilegiada a modalidade contacless: basta aproximar o seu cartão de débito ou crédito em qualquer ponto de venda ao terminal de pagamento. Caso os seus cartões não tenham contacless, todos os terminais de pagamento do festival aceitam também o método tradicional de inserção de cartão por chip ou o swipe da banda magnética. Dentro do recinto, existirão ainda uns balcões onde poderá converter o seu dinheiro físico (notas e moedas) em cartões pré-pagos, no montante definido pelo visitante, para usar em qualquer ponto de venda. Este cartão tem o custo de 1€ que será devolvido após a entrega do mesmo no balcão onde adquiriu.