Sexta-feira, Dezembro 2Bem vindo(a) #winelover 😀

IVDP distingue os melhores em viticultura, enologia e enoturismo no Dia do Vinho do Porto

O Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, I.P. (IVDP, IP) assinalou o Dia Internacional do Vinho do Porto com a atribuição dos prémios “Douro+Sustentável”, que distinguem projetos que se têm destacado pelo desenvolvimento de boas práticas ambientais, sociais e económicas.

A Quinta dos Murças, o enólogo João Rosa Alves, diretor de produção da Menin Wine Company, a Quinta do Portal, e a CIM Douro foram os distinguidos neste ano de 2022.

IVDP distingue os melhores em viticultura, enologia e enoturismo no Dia do Vinho do Porto
IVDP distingue os melhores em viticultura, enologia e enoturismo no Dia do Vinho do Porto

As distinções foram entregues no dia em que se assinalam os 266 anos da criação da mais antiga região demarcada e regulamentada do mundo: o Douro Vinhateiro.

“Pretendemos valorizar projetos que contribuem para o desenvolvimento economicamente viável, com boas práticas ambientais e promovendo a elaboração de projetos consistentes que valorizem a proteção da região e do seu património”.

Gilberto Igrejas, presidente do IVDP

Com um Plano de Gestão de Biodiversidade e Ecossistemas, a Quinta dos Murças foi a distinguida na categoria de Viticultura. Um projeto que envolve vários parceiros dos meios académicos e científicos e teve início em 2017, centrando-se na avaliação de vários indicadores de biodiversidade e do estado ecológico das vinhas e sua área envolvente, de forma a compreender o impacto das boas práticas de gestão agroecológica na biodiversidade da fauna e flora, e na dinâmica das interações entre potenciais pragas e fauna auxiliar.

João Rosa Alves, da Menin Wine Company, foi o distinguido na área da Enologia, sendo considerado como um dos mais promissores enólogos da nova geração. Fruto da paixão por Portugal e pelo Douro, a Menin Wine Company lançou recentemente um programa de apoio que visa contribuir para o desenvolvimento da comunidade local e dirige-se a instituições que tenham um papel ativo na comunidade, com projetos de comprovado valor em prol do desenvolvimento social, económico e cultural da região.

Por seu turno, a Quinta do Portal foi premiada na área do Enoturismo, destacada pela forma como abraçou de forma entusiástica o enoturismo, lançando um projeto único que reúne num só local a dupla essência do Douro: a vinha e o vinho. Assim nasceram a Casa das Pipas e a Casa do Lagar, situadas por entre os vinhedos e permitindo vislumbrar o Douro montanhoso que recorta o horizonte, a que se junta o restaurante em perfeita harmonização da cozinha de autor com os sabores e receitas tradicionais da região, assentes na criatividade do Chef Mílton Ferreira, e um monumental armazém de envelhecimento de vinhos desenhado pelo arquiteto Siza Vieira, já vencedor do Prémio de Arquitetura do Douro, completa a oferta.

Por fim, destaque para a Comunidade Intermunicipal do Douro, distinguida na categoria Revelação, pela forma como promoveu a região internacionalmente, tendo sido reconhecida além-fronteiras ao ser escolhida para Cidade Europeia do Vinho em 2023, numa candidatura conjunta de 19 municípios, que teve a virtude e a visão de unir terras distintas num só território, sob o lema All Around Wine, All Around Douro.

Numa altura em que os desafios que se colocam à viticultura, à produção e comercialização de vinhos são enormes, o presidente do IVDP, IP adianta ainda que a instituição “vai levar a cabo um conjunto de ações de promoção em várias vertentes, mostrando toda a versatilidade e polivalência do Vinho do Porto”. Para dia 14 de setembro está agendada uma ação de harmonizações, denominada «Sabor a Porto», que decorrerá no Restaurante Almeja, no Porto, onde as criações do chef João Cura farão pairing com diferentes categorias de Vinho do Porto.

LEIA TAMBÉM:  Lavradores de Feitoria estreia Vinha do Sobreiro tinto

No dia seguinte decorre o «Porto Colours Cocktail Party», uma festa de cocktails de Vinho do Porto que tem lugar ao final da tarde, no Indulgent, na Foz do Douro, e que conta com a presença de quatro bares de referência da cidade do Porto. Dia 16 é a vez do Douro receber nova etapa do «Sabor a Porto», no restaurante DOC Folgosa, com o chef Rui Paula a preparar iguarias que combinam na perfeição com Vinho do Porto.

Mais perto do final do mês, dia 29 de setembro, é a vez de Lisboa receber uma sessão do «Sabor a Porto», marcada para o Restaurante Sala de Corte, onde decorrerá mais uma prova harmonizada com Vinho do Porto e criações do chef Luís Gaspar.

No primeiro dia de outubro realiza-se um grande sunset no Cais de Gaia, tendo como público-alvo o consumidor final, na qual está prevista a participação de 30 produtores, que num ambiente de festa mostrarão toda a diversificada oferta de Vinho do Porto.

Já em novembro, dia 4, há lugar a uma prova comentada de Vinho do Porto da década de 80, destinada a público internacional, orientada por um especialista do IVDP, IP, com a presença dos enólogos de cada um dos vinhos selecionados para a masterclass «Forty Years of the Eighties», que se realizará no Hotel Six Senses, em Lamego.