Quinta-feira, Dezembro 8
Shadow

Paço dos Infantes – Uma nova história a ser contada no Alentejo

Desde 2011, a presença da Família Cardoso na Herdade da Lisboa tem sido marcada por investimentos na requalificação dos cerca de 100 hectares de vinhas, da imponente adega e ainda da marca mais consagrada da propriedade: Paço dos Infantes.

Icónica nos anos 80 e 90, a insígnia foi recuperada pela Família Cardoso com vários lançamentos, nos últimos anos, chegando agora a gamas mais elevadas e métodos de produção mais complexos.

Entre os três novos vinhos, está o Paço dos Infantes Garrafeira Branco 2019 (PVP 50€). Este vinho rico e complexo destaca a frescura e acidez trazidas pelos solos xistosos da Vidigueira, tornando-se, à mesa, a companhia perfeita para pratos de peixe, marisco e bacalhau ou queijos de pasta mole.

Paço dos Infantes Reserva Tinto 2019 (PVP 25€) é outra das novidades, resultante da conjugação de três castas: Alicante Bouschet (50%), Touriga Nacional (30%) e Cabernet Sauvignon (20%). Nas caves da Herdade da Lisboa, inspiradas pela tradição alentejana, este vinho estagia por 12 meses em barricas novas de carvalho francês, seguindo-se um estágio de 10 meses em garrafa.

Com cor ruby profunda e boa estrutura, o Paço dos Infantes Reserva Tinto expressa a concentração típica dos vinhos do Alentejo, aliada à elegância do terroir da Vidigueira. A pureza da fruta e o seu excelente potencial de guarda resultam da equilibrada maturação das uvas, proporcionada pela conjugação das elevadas amplitudes térmicas diárias desta sub-região do Alentejo com os solos xistosos da Herdade da Lisboa. Acompanha na perfeição pratos de carne da cozinha tradicional portuguesa, caça e queijos de sabor intenso.

Já o Paço dos Infantes ODB Verdelho 2020 (PVP 27€) traz a diferença no próprio nome: ODB significa “Oeuf de Beaune”, os ovos de cimento que vêm da região da Borgonha e estão instalados nas caves da Herdade da Lisboa, colocando a inovação lado a lado com as tradicionais barricas.

No ovo de cimento, este 100% Verdelho fermenta com leveduras indígenas e estagia por mais oito meses, ganhando assim maior cremosidade e realçando as sensações de frescura e mineralidade. Segue-se um estágio de seis meses em garrafa que finaliza a criação de um vinho suave, mas com um final de boca surpreendente e refrescante, ideal para acompanhar pratos ricos de peixe e mariscos.

LEIA TAMBÉM:  Paulo Laureano lança as suas mais recentes novidades e apresenta nova identidade gráfica

O Paço dos Infantes OBD Verdelho tem origem numa vinha plantada pela Família Cardoso, em 2016, e que é exemplo da requalificação que o produtor tem feito na propriedade. Aos cerca de 100 hectares de vinha da Herdade da Lisboa, a Família Cardoso soma ainda 200 hectares de olival e cerca de 10 hectares com arborização autóctone, pomares e culturas hortícolas.

Paço dos Infantes - Uma nova história a ser contada no Alentejo
Paço dos Infantes – Uma nova história a ser contada no Alentejo

Para além do Alentejo, com a Herdade da Lisboa, a Família Cardoso está ainda no Douro, com a Quinta do Reguengo, e no Ribatejo, onde estão as raízes familiares. No conjunto das três regiões, o produtor detém 300 hectares de vinha, 700 hectares de olival e 400 hectares de floresta.

Paço dos Infantes Garrafeira Branco 2019. PVP 50€

Paço dos Infantes ODB Verdelho 2020. PVP 27€

Paço dos Infantes Reserva Tinto 2019. PVP 25€