distinção vinhos Vinhos do Tejo

Os melhores vinhos de lote são da Quinta do Casal Branco

Falcoaria Colheita Tardia Branco 2016 e Falcoaria Grande Reserva Tinto 2018 destacam-se como Melhores do Ano entre os premiados da categoria Grande Ouro do Concurso Vinhos de Portugal 2022, uma dupla conquista que consolida a estratégia de produção de vinhos de excelência na região Tejo.

Distinguidos, na noite de 6 de maio, entre 1452 vinhos, degustados em prova cega, por um júri composto por 109 especialistas nacionais e internacionais, na 9ª edição do Concurso Vinhos de Portugal da ViniPortugal, realizada no Convento de São Francisco, Santarém, os vinhos Falcoaria Colheita Tardia Branco 2016 e Falcoaria Grande Reserva Tinto 2018 posicionam a Quinta do Casal Branco no topo dos melhores produtores de vinho de Portugal. 

Os melhores vinhos de lote são da Quinta do Casal Branco
Os melhores vinhos de lote são da Quinta do Casal Branco

Consolidando os marcos já atingidos pelos vinhos Falcoaria Vinhas Velhas Fernão Pires 2018, classificado como Melhor Varietal Branco e Grande Ouro de 2021, na edição anterior da mesma competição, e a distinção obtida pelo Falcoaria Colheita Tardia 2014 como Melhor Vinho Branco Especial, na edição de 2018 do mesmo concurso, “estes prémios só vêm demonstrar que a estratégia da Quinta do Casal Branco tem sido bem conseguida”, afirmou o enólogo Manuel Lobo de Vasconcellos.  

Falcoaria Colheita Tardia Branco 2016
Falcoaria Colheita Tardia Branco 2016
Falcoaria Grande Reserva Tinto 2018
Falcoaria Grande Reserva Tinto 2018

Produzindo vinhos há mais de dois séculos, “a Quinta do Casal Branco tem colocado forte foco na viticultura e na enologia de grande precisão para atingir estes frutos”, um trabalho que tem passado “pela reabilitação de vinhas centenárias, de identidade única”, assim como “na plantação de novas vinhas com aposta em castas de maior adaptabilidade à região e ao potencial de produção de vinhos super premium”, explica o enólogo consultor da Quinta do Casal Branco.