Alentejo lifestyle programa

Casa Relvas abre as portas da Herdade de São Miguel

Dia 28 de maio, o produtor alentejano sugere passar “Um Dia em São Miguel”, no campo, entre família, amigos, música, bom vinho e tradições do Alentejo.

A Casa Relvas volta a abrir as portas da Herdade de São Miguel ao público, juntando também clientes, amigos e parceiros, depois de dois anos em que andámos a brindar às janelas (reais e virtuais), por conta da pandemia.

Assim, a 28 de maio, sábado, o produtor convida a voltar a passar “Um dia em São Miguel”, num evento em que curiosos e amantes de vinho, mas também os apaixonados pelo campo, e pelo Alentejo, podem vir com a família e amigos passar um dia diferente, em boa companhia, com muita animação e boa disposição, celebrando o ar livre, e o retomar destes momentos de convívio.

“Este dia que é muito especial para a nossa Família, e para a Família Casa Relvas. É um dia em que abrirmos as portas da nossa casa e partilhamos um pouco da nossa história e da cultura Alentejana. O vinho é o fio condutor deste dia que pretende criar memórias, para Pais e Filhos, ser um pretexto para um passeio ao Alentejo e para brindar à Familia e à Amizade!”, afirma Alexandre Relvas.

Dia 28 de maio, das 14h00 ao pôr do sol, muitos serão os motivos para um agradável passeio até à Herdade de São Miguel, em Redondo. Provas de vinho, gastronomia, artesanato, música, produtos regionais, jogos tradicionais e demonstrações de artes e ofícios da região mostram um pouco do muito que o Alentejo tem para oferecer.

O local, a Herdade de São Miguel, é o palco desta festa alentejana, onde todos podem, e devem, desfrutar da paisagem, das vinhas e do vinho, claro, mas também de muita animação e atividades ao ar livre.

Casa Relvas abre as portas da Herdade de São Miguel
Casa Relvas abre as portas da Herdade de São Miguel

O acesso ao recinto é feito mediante a apresentação de uma pulseira, que pode ser adquirida online antecipadamente, na loja online da Casa Relvas – https://www.casarelvasandfriends.pt/products/um-dia-em-sao-miguel, ou comprada diretamente no local, no próprio dia.

O valor é de 15€ para os adultos, e inclui 5€ de consumo, que podem ser utilizados junto dos vários produtores que estarão presentes e terão disponíveis os seus produtos regionais, como queijos e enchidos, churrasco, doces e gelados, e também um copo com o qual poderão ao longo do dia provar, de forma gratuita, os vinhos da Casa Relvas. Os menores de 18 anos, acompanhados por adultos, têm acesso gratuito.

Chegados à herdade, a apenas 1h30m de Lisboa, os visitantes têm um vasto leque por onde escolher. Passear nas vinhas e conhecer o espaço, aproveitar a sombra das árvores para relaxar, ver os artesãos a trabalhar, petiscar sabores do Alentejo, e até fazer umas compras, uma vez a Casa Relvas e os outros produtores terão disponíveis para venda diversos produtos da região, que vão desde vinhos a azeites, passando pelos queijos e charcutaria, e também artesanato alentejano.

Para as provas guiadas de vinho é aconselhada a inscrição prévia, gratuita, mas de lotação limitada a 60 pessoas por prova, através do e-mail loja@casarelvas.pt

Depois do sucesso de 2019, este ano serão quatro os momentos dedicados a provar vinho. Nuno Franco, diretor de produção da Casa Relvas irá apresentar “Monocastas da Casa Relvas”, seguido de Alexandre Relvas que trará para cima da mesa “19 Anos de Herdade de São Miguel”.

A prova que se seguirá, “Sustentabilidade no Alentejo”, fica a cargo de João Barroso, coordenador do Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo, que falará sobre a relevância do tema, trazendo a prova diferentes vinhos que alguns produtores têm vindo a desenvolver no âmbito do programa de sustentabilidade da região.

Por último, mais um convidado, o enólogo António Braga, que apresentará os “Grandes Brancos de Portugal”, uma prova dedicada ao vinho branco, de norte a sul do país.

Para os apreciadores dos sabores do Alentejo haverá muitas opções. Dois bares estarão disponíveis para servir os vinhos da Herdade de São Miguel, bem como águas e limonada artesanal.

Para petiscar, o churrasco, os queijos e enchidos do Fumeiro da Vila, o presunto e canha da Absoluto, os doces regionais, e os gelados Santini, são o par perfeito para os vinhos da Casa Relvas.

E aos vinhos e petiscos junta-se, durante toda a tarde, muita animação. Da música às artes, há sempre por onde escolher. Para os mais novos, os jogos tradicionais, a tosquia das ovelhas, e a roda de oleiro do Xico Tarefa, são o grande ponto de atração, mas toda a herdade, com tanto espaço para brincar, ver os burros, explorar e correr, é a promessa de um dia muito divertido.

A mobília alentejana, com as Cadeiras do Alentejo de José Manuel Vicente, e a Ruas Floridas, com a sua demonstração do trabalho com flores de papel, fazem também parte desta mostra de saberes do Alentejo, tradições que atravessam o tempo e trazem cor a este dia no campo.

Haverá ainda tempo para descansar e assistir aos vários momentos musicais. Os “Trovadores de Redondo” trazem o Cante Alentejano, tradição que não precisa de apresentação. Num registo mais descontraído, a banda de jazz de improviso “Seven Dixie” deambula pelo espaço a animar miúdos e graúdos e, ao pôr-do-sol, será a vez de Luís Trigacheiro juntar todos à volta do palco para um concerto ao entardecer.

De perto ou de longe, todos são bem-vindos à Herdade de São Miguel, em Redondo, e a garantia é de uma tarde bem passada, com muita animação e boa disposição porque, aqui, o tempo passa mesmo devagar em boa companhia!