Quarta-feira, Outubro 5Bem vindo(a) #winelover 😀

Palato do Côa apresenta vinhos “Migalha”

Neste mês de fevereiro, a marca Palato do Côa revela os mais recentes membros da sua “família” vinícola, dois novos vinhos, denominados de “Migalha”, que resultam da mistura de várias castas, provenientes de uma vinha com mais de 50 anos e que pretendem dar continuidade ao lema do projeto: “bons amigos, bons vinhos, bons momentos”.

Enólogo Carlos Magalhães - Palato do Côa
Enólogo Carlos Magalhães – Palato do Côa

Quem anda na apanha costuma dizer que nem vale a pena perder tempo a apanhar tão poucas uvas da vinha que dá origem a estes novos vinhos, uma vez que esta produz muito pouco. Esta é a principal razão por estes vinhos, um branco e outro tinto, terem o nome de “Migalha”, visto que, na verdade, muitas migalhas juntas conseguem fazer pão. Além desta, “Migalha” é o nome de uma das sócias do projeto, a única mulher, que é descendente da D. Antónia Ferreira, mais conhecida por a Ferreirinha. De salientar ainda que as videiras “responsáveis” por estes vinhos produzem cerca de dois a três cachos, originando, aproximadamente, 200 a 300 gramas por planta (…)”, afirma o enólogo Carlos Magalhães (Carloto), um dos sócios fundadores do projeto.

Vinhos "Migalha"  - Palato do Côa
Vinhos “Migalha” – Palato do Côa

Os novos vinhos “Migalha”, da região do Douro Superior, concelho de Vila Nova de Foz Côa, destacam-se assim pela sua elegância e frescura, que só um solo ligeiramente alcalino pode dar origem, estando disponíveis para venda na loja online da marca Palato do Côa em https://palatodocoa.pt/pt/ e nos habituais locais de distribuição.

Lançamento 1.o Vinho Branco – colheita de 2015
Depois de estagiar 5 anos em barricas usadas e 1 ano em garrafa.

LEIA TAMBÉM:  Real Companhia Velha assinala 10 anos de Carvalhas com prova vertical de Vinhas Velhas tinto

Lançamento 1.o Vinho Tinto – colheita 2016
Depois de estagiar 3 anos em barricas usadas e 2 anos em garrafa.