Bairrada distinção vinhos

Ouro para três vinhos da ‘Quinta do Ortigão’ no «Portugal Wine Trophy 2021»

Um branco, um tinto e um espumante distinguidos pelo prestigiado júri

O produtor bairradino Quinta do Ortigão viu três dos seus vinhos premiados a ouro no concurso Portugal Wine Trophy 2021, um certame que vem registando um forte crescimento desde a sua primeira edição, datada de 2014.

Um branco, um tinto e um espumante da Quinta do Ortigão mereceram o galardão mais alto, numa prova clara da competência do produtor em colocar no mercado diferentes referências capazes de conquistar os jurados mais exigentes.

Ortigão Espumante Bairrada 2018
Ortigão Espumante Bairrada 2018

know-how do produtor na área dos espumantes é sobejamente conhecido, e o Ortigão Espumante Bairrada 2018 voltou a impor-se num concurso prestigiado. Cristalino, com desprendimento de gás, bolha fina e persistente, é frutado e fresco, com um final equilibrado e excelente volume de boca. Uma ótima opção para acompanhar o típico leitão da Bairrada, mariscos, sushi ou pratos de gastronomia italiana.

Outro dos vinhos distinguidos no certame foi o Ortigão Sauvignon Blanc, que também trouxe para casa uma medalha de ouro. Colheita de 2020, este branco apresenta-se com todo o carácter floral e o frutado cítrico de uma das castas mais apreciadas internacionalmente. Um vinho que harmoniza bem com aperitivos, pratos de peixe grelhados e frutos do mar.

Ortigão Talhão dos Manos Tinto 2016
Ortigão Talhão dos Manos Tinto 2016

Ortigão Talhão dos Manos Tinto 2016 é de aparência rubi intensa, possuindo um aroma complexo, intenso em frutas pretas e chocolate. Na boca mostra taninos redondos, persistentes e elegantes. Conseguido a partir das castas baga, touriga nacional e tinta roriz, exprime na perfeição a força, o caráter e a complexidade dos vinhos da Bairrada, o que também terá sido levado em conta pelo júri para lhe atribuir uma medalha de ouro.

Portugal Wine Trophy tornou-se em pouco tempo um dos maiores e mais importantes concursos da especialidade em Portugal. Especialistas em vinho de todo o mundo encontram-se na Anadia e durante vários dias provam as milhares de referências a concurso à porta fechada. Os néctares são provados por um painel independente composto por enólogos, sommeliersmasters of wine, comerciantes experientes, viticultores e jornalistas.