azeite douro

Chegou o primeiro azeite da Kranemann Wine Estates

Esta é uma produção que nasce das cerca de 3.500 oliveiras existentes na Quinta do Convento de São Pedro das Águias, no Douro. De uma mistura de variedades autóctones resulta um azeite extra virgem singular, que agora chega ao mercado, em valorização da tradicional cultura duriense do olival.

São cerca de 3.500 oliveiras, que serpenteiam patamares e caminhos ao longo das encostas, no Vale do Távora. Depois da vinha, o olival assume-se como a mais importante cultura na Quinta do Convento de São Pedro das Águias. E a produção faz-se de modo tradicional, em respeito pela biodiversidade que caracteriza toda a propriedade.

São as azeitonas aqui colhidas que dão origem ao mais recente produto Kranemann Wine Estates, agora lançado no mercado.

Chegou o primeiro azeite da Kranemann Wine Estates
Chegou o primeiro azeite da Kranemann Wine Estates

Depois dos vinhos, um azeite que expressa toda a singularidade deste terroir, com a emblemática marca da casa: Quinta do Convento.

Por entre 47 hectares de vinha, e mais 100 hectares de floresta indígena mediterrânica, com carvalhos, sobreiros e castanheiros que evoluem de forma natural, em ambiente selvagem, impõem-se também as oliveiras, de diferentes variedades, muitas delas centenárias.

A colheita da azeitona é manual – o típico “varejo” – e o produto final alcançado reflete de forma muito genuína o olival diverso.

Quinta do Convento Azeite Extra Virgem
Quinta do Convento Azeite Extra Virgem

Este é um azeite muito característico, que espelha o património de olival existente na Quinta do Convento de São Pedro das Águias. A nossa intervenção é mínima; procuramos que seja um produto que honre e valorize a tradicional cultura do olival no Douro”, explica Susete Melo, diretora de viticultura e enologia da Kranemann Wine Estates.

Quinta do Convento Azeite Extra Virgem

Notas de prova: De cor verde, este azeite apresenta um aroma frutado, com notas de erva, folha de oliveira e maçã verde. O sabor é fresco, com ligeiro amargo e picante em equilíbrio. É suave e com um fim de boca muito saboroso.

Apanha: Manual.

Extração: A frio.

Lote: Mistura de variedades autóctones.

PVP recomendado: 15,00€ (garrafa de 0,5L).