black friday Novinho em Folha opinião

Feliz São Martinho e um Próspero Black Friday

Com o São Martinho a passar, e a Black Friday a chegar, o Ildefonso Martins analisa as oportunidades que estas datas representam para o e-commerce.

O tempo anda maluco (ou será o consumo?).

E não falo do clima, esse foi o tema do artigo anterior. Se ainda não leu é só clicar aqui.

Refiro-me mesmo ao continúo espaço-tempo. E não é preciso ter um doutoramento em física quântica, nem ser um papa séries de Twilight Zone e similares, para sentir uma ligeira impressão que o tempo tem hoje uma velocidade diferente da que tinha há uma década atrás.

Um exemplo claro desta aceleração do tempo é a antecipação para cada vez mais cedo das compras de Natal. Mais uma década e arriscamo-nos a sair da praia em Agosto e já estar a fazer a lista dos presentes a dar aos mais pequenos na noite da consoada.

Mas voltemos a 2021. Ainda falta um mês e meio para o Natal e em muitos sítios online já se vêm uma série de produtos esgotados, com destaque para os brinquedos.

Fonte: Elaboração própria, com recurso aos sites de “El Corte Inglês”, “Continente”, “Jumbo” e “Toys r’ Us”.

Há já algumas semanas que têm sido dados vários alertas (Fortune, RTP, Observador) de que quem deixar ficar as suas compras de Natal para os últimos dias, como o bom português gosta de fazer, talvez só tenha uma caixa de chocolates ou umas meias para oferecer (ou nem isso, se for forreta…). E os portugueses parecem estar a levar estes avisos a sério.

A juntar a esta situação, há poucos dias aconteceu o “Fim de Semana de Santa Popota”.

Durante dois dias o Continente, como já vem sendo habitual, promoveu um festival de descontos na sua oferta de brinquedos, que em idos anos levava magotes de pessoas às lojas físicas.

Este ano, depois de a pandemia nos ter ensinado a beleza do comércio eletrónico, parece que muita gente optou por comprar Online.

Fonte: https://blog200porcento.com/alerta-fim-de-semana-continente-12549107

Também um pouco por todo o lado já se vão vendo as ativações de Black Friday (apesar de “o” dia exato da Black Friday ser apenas o 26 de novembro) e isso está a ajudar ainda mais a criar a tempestade perfeita para aquilo que poderá viar a ser um “No-Stock Xmas”.

No setor dos vinhos não temos o nosso dia de “Santa Popota”, e ainda estamos no início de apanhar o comboio do Black Friday, mas já há muitos anos que se realizam, nos principais operadores de retalho, as semanas temáticas dedicadas ao vinho (vulgas Feiras de Vinhos). Talvez se estas se realizassem mais próximo do Natal também veríamos muitos artigos a ficarem esgotados, pois, cada vez mais o vinho é visto como algo de valor para se oferecer. 

A nível de inovação esta altura do ano, infelizmente, não costuma ser muito pródiga no vinho. Aqui e ali polulam garrafas Magnum, alguns oferecem saca-rolhas, mas pouco de inovações relevantes…

Nesse aspeto as espirituosas costumam ter muito mais imaginação, com o Licor Beirão a destacar-se bastante nesta quadra nos últimos anos.

Fonte: https://www.nit.pt/compras/lojas-e-marcas/licor-beirao-lanca-as-camisolas-e-meias-mais-pirosas-deste-natal

Mesmo em termos de aproveitamento comercial destes momentos, que o consumidor já identifica como “a altura das compras de Natal“, os vinhos ainda têm feito pouco. Talvez porque o e-commerce, onde eles têm tido uma força crescente, só tenha começado a ser devidamente trabalhado o ano passado pelas maiores empresas, ou, porque nunca fez parte da nossa cultura vínica um evento como o Black Friday, e sabemos que o sector não é propriamente muito rápido a adotar inovações. 

Na Aveleda também só no ano passado, com a abertura da nossa loja online, vimos no Black Friday uma oportunidade. E em bom tempo o fizemos, pois as vendas desse fim de semana foram responsáveis por 30% da facturação da loja online em 2020.  

Com esse sucesso em mente, este ano vamos fazer como os grandes retalhistas e já começámos o Black Friday.

Como se costuma dizer: “Two can play that game!“. 

Fontes: www.worten.pt; www.aveledashop.pt;

E mesmo assim sabemos que ainda estamos muito longe do nível que a Worten já atingiu. Ainda recentemente o site que “tem tudo e mais não sei o quê” entrou no social e-commerce, num evento de lançamento da Black Friday em que Filomena Cautela teve o papel de “host”.  

E não vamos nem falar da China, porque nesses o social e-commerce já representa 300 biliões de dólares. É difícil até compreender o impacto deste fenómeno recente, por serem tentos zeros, mas como termo de comparação fique com a imagem que só o social e-commerce da China é superior em 70 biliões ao PIB português… 

Mas quem tem um evento como o Singles’ Day, que já é actualmente superior em quase 4x às vendas que nos EUA se faz com o Black Friday, já vai muito à frente nisto de vender online. 

Curiosamente, quem é que hoje lançou um evento de Singles Day? A Worten 😊

Não sei se alguma vez vamos ter em Portugal, no sector dos Vinhos, um evento como o Singles’ Day, até porque na nossa cultura o vinho é um produto para se partilhar não para algo hedónico (quase egoista) que é a mensagem que um evento como o Singles’ Day transmite, mas a verdade é que na China o vinho é dos produtos cuja procura mais tem crescido neste evento. 

Talvez também não tenhamos nunca uma “mascote hipopótamo fofinha” para promover um fim de semana de descontos incríveis, mas porque não tirarmos um maior proveito do São Martinho e do seu imaginário vínico a nível comercial? (“No dia de São Martinho vai à adega e prova o vinho!”,  e já que prova compra também… 😊)

Um fim de semana (a seguir ao 11 de novembro) com descontos em catadupa na maioria dos vinhos poderia gerar o interesse que a “Santa Popota” desperta nos pais, que os leva a armazenar brinquedos pela casa mais de um mês antes do Natal.

Por outro lado, também é verdade que muitos retalhistas já têm um São Martinho o ano inteiro (com descontos em alguns vinhos na ordem dos 80%), por isso seria complicado aplicar “apenas” 50% de desconto nesse dia quando no resto do ano as promoções são ainda maiores.  

De qualquer forma, fica aqui o repto: façamos do São Martinho em 2022 o “momento de compras de vinhos para o Natal”!

Votos de um Feliz São Martinho e um Próspero Black Friday!

Inovadoramente vosso,

Ildefonso Martins

Diretor de Inovação e Estratégia da Aveleda