Lançamentos Península de Setúbal vinhos

Colecção Privada DSF recebe Cabernet Sauvignon Malbec e Moscatel Sole

Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon Malbec e Moscatel Sole são o reflexo da paixão de Domingos Soares Franco.

A Colecção Privada Domingos Soares Franco volta a crescer. A José Maria da Fonseca acaba de anunciar duas novidades para completar o portefólio da gama que pretende refletir a paixão, o espírito criativo e a dedicação de Domingos Soares Franco, reconhecido pelas revistas da especialidade com a atribuição dos prémios “Personalidade do Ano no Vinho – Revista de Vinhos” e “Enólogo de Vinhos Generosos do Ano – Vinho Grandes Escolhas.

Assim chegam agora ao mercado as novidades mais recentes da Colecção – o Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon/Malbec 2017 e o Colecção Privada DSF Moscatel Sole 1999 – e as colheitas de 2020 do Colecção Privada DSF Riesling e Colecção Privada Moscatel Roxo Rosé.  

Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon Malbec e Moscatel Sole - O reflexo da paixão de Domingos Soares Franco
Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon Malbec e Moscatel Sole – O reflexo da paixão de Domingos Soares Franco

A Colecção Privada permite-me lançar novidades com total liberdade e criatividade. Nalguns casos, as castas que utilizo nesta colecção chegam até mim através de amigos, mas sobretudo via colecção ampelográfica de 560 castas nacionais e estrangeiras que temos plantada na Quinta de Camarate acaba por ser o melhor “viveiro” para eu criar vinhos distintos e diferenciadores”, refere Domingos Soares Franco.

Provenientes de solos argilo-calcários, as duas novas novidades da Colecção Privada DSF, um vinho tinto e um moscatel, pretendem complementar a gama para uma experiência absoluta de sabores distintos e autênticos.

Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon/Malbec 2017
Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon/Malbec 2017

O Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon/Malbec 2017, da Península de Setúbal, é um vinho que se distingue pela sua qualidade excecional e pela combinação de aromas a caixa de charuto, tabaco, figo seco e tâmaras. Domingos Soares Franco enaltece a sua frescura e paladar:

O Cabernet Sauvignon proveniente de 2 vinhas (uma plantada nos contrafortes da Serra da Arrábida a nascente e outra no sopé da Serra da Arrábida a poente) ambas dando aroma e paladar diferente, mas quando loteadas originam frescura epaladar deveras interessantes. O Malbec (tornei-me grande fã na primeira visita à Argentina) plantado no sopé da Serra da Arrábida e vinificado como tinto varietal após 12 anos de plantio”.

A vindima de 2017 teve muitas adversidades climáticas, devido aos períodos de seca e calor extremo, mas a qualidade não foi comprometida e essa colheita revela estar muito próxima da de 2011. A casta Cabernet Sauvignon (60%) atribui a este tinto corpo e complexidade, a Malbec (40%) equilíbrio, frescura e taninos suaves.

Colecção Privada DSF Moscatel Sole
Colecção Privada DSF Moscatel Sole

Resultante da colheita de 1999, o Colecção Privada DSF Moscatel Sole cuja fermentação foi parada com lote de aguardentes 70% Armagnac e 30% Cognac e envelhecido em cascos de madeira usada até 2021. É caracterizado por aromas florais com iris e jasmim no primeiro impacto, surgindo depois as passas e frutos secos. Desta vez, o espírito criativo de Domingos Soares Franco estendeu-se até à designação deste moscatel.

Dei-lhe o nome Sole, Sol em latim, porque este moscatel lembra-me o sol dentro de uma garrafa, irradiando luminosidade e intensidade”, explica o enólogo.

Nas novas colheitas, o Colecção Privada DSF Riesling 2020 revela-se um vinho delicado e muito equilibrado com um final bastante agradável. As uvas são oriundas de uma vinha plantada em 2008 no Nordeste do país, com uma altitude de 630 metros e solo granítico, e fermentam em cubas de inox.

O Colecção Privada DSF Moscatel Roxo Rosé 2020 apresenta-se como uma cor rosa pálida com notas predominantes de rosas combinadas com alguma toranja e tangerina. No paladar, destacam-se a frescura, suavidade e persistência deste vinho.

Em Março deste ano foi lançado o Colecção Privada DSF Verdelho 2020, cujas varas são oriundas do Arquipélago da Madeira, um branco persistente e com aromas subtis a madressilva, muito característico da casta. De solos argilo-calcários, este vinho evidencia um paladar em sintonia com o aroma de nariz e uma frescura e persistência bem presentes. O seu final é fresco e consistente.

Colecção Privada DSF Cabernet Sauvignon Malbec 2017 | 750 ml– P.V.P. Recomendado com IVA €14,90

Colecção Privada DSF Moscatel Sole 1999 | 750 ml– P.V.P. Recomendado com IVA €39,90

Colecção Privada DSF Riesling 2020 | 750 ml– P.V.P. Recomendado com IVA €9,90

Colecção Privada DSF Verdelho 2020 | 750 ml– P.V.P. Recomendado com IVA €9,90

Colecção Privada DSF Moscatel Roxo Rosé 2020 | 750 ml– P.V.P. Recomendado com IVA €9,90