guia livro

Procura um vinho entre 2 e 15 euros? Este guia é para si

Editorial Presença publica o guia de vinhos mais reconhecido em Portugal, de Aníbal Coutinho com Neil Pandock.

A espera terminou. Estes são os melhores vinhos que pode encontrar no supermercado, sem gastar muito.

O livro Guia Popular de Vinhos 2022, da autoria do enólogo Aníbal Coutinho com Neil Pendock, ajuda o consumidor a escolher um vinho português de qualidade, de norte a sul do país, com um preço justo entre os 2 e os 15 euros.

Prático e fácil de consultar, o guia mantém o rigor e o conhecimento evidenciado nas edições anteriores. Publicado pela Editorial Presença, já se encontra nas livrarias.

Guia Popular de Vinhos 2022
Guia Popular de Vinhos 2022

Este guia de vinhos é, atualmente, uma referência em Portugal, contribuindo para o enriquecimento do leitor e para tomar uma decisão consciente junto à seleção vinícola de qualquer supermercado. Com o conhecimento de dois especialistas na área, escolher um bom vinho nunca foi tão fácil.

Sinopse

Com o Guia Popular de Vinhos 2022, Aníbal José Coutinho e Neil Pendock vêm uma vez mais satisfazer as expectativas de um público que já cativaram com o rigor e o conhecimento evidenciado nas edições anteriores deste guia. Prático e fácil de consultar, o leitor sabe que irá encontrar sugestões de vinhos para todas as ocasiões, com a garantia de qualidade dada por dois provadores profissionais.

Este guia é uma ferramenta imprescindível para fazer uma boa escolha no supermercado, diante das muitas prateleiras de vinhos, com um preço justo entre os 2 e os 15 euros. Desfrute de vinhos portugueses de qualidade, de norte a sul do país, seguindo a criteriosa seleção que este guia lhe oferece.

Críticas

«Um dos mais bem-sucedidos guias de vinhos editados em Portugal. É uma publicação fundamental

Revista de Vinhos

«Aníbal Coutinho criou este guia com o objetivo de dar a conhecer ao leitor propostas e informações úteis para a seleção do vinho mais adequado a cada situação

Beatriz Machado, Expresso | Boa Cama Boa Mesa

«Escolher um vinho num supermercado não é tarefa fácil, tal se revela a variedade. Este guia é um auxiliar para quem quer acompanhar a refeição com um vinho decente, sem gastar muito

Inês Belo, Visão

Sobre Aníbal Coutinho

Aníbal Coutinho, nascido em 1968, em Armação de Pêra, Algarve, Portugal, casado, dois filhos, licenciou-se em Engenharia Civil pelo Instituto Superior Técnico. O gosto pelo vinho levou-o de novo à universidade, desta vez ao Instituto Superior de Agronomia, onde se especializou em Viticultura e Enologia, tendo sido convidado para colaborar em projetos e serviços prestados pelo Laboratório Ferreira Lapa.

No final de 2002 começou a escrever sobre vinhos na revista Evasões e, desde então, tem intensificado o seu trabalho de crítica especializada, colaborando com o semanário SOL, o Diário de Notícias, o Jornal de Notícias, a rádio TSF e a revista de gastronomia INTER Magazine, entre outros títulos. Durante 2009 fez parte da Hora de Baco, o único programa televisivo dedicado ao vinho, na RTP N.

Publica, desde 2005, duas seleções anuais de vinho: Melhores Vinhos e Copo&Alma, Guia Popular de Vinhos, o primeiro em Portugal com uma seleção, em prova cega, dos melhores vinhos do segmento de consumo diário, que pretende ser uma ferramenta de apoio ao consumidor que adquire os seus vinhos na moderna distribuição. O seu Guia de Melhores Vinhos passou, em 2010, a ser exclusivamente eletrónico, estando alojado no novo portal de vinho www.w-anibal.com.

É júri de vários concursos internacionais de vinho, como o Concours Mondial de Bruxelles, o International Wine Challenge ou o Mundus Vini. No estrangeiro, escreve para a Vinho Magazine (Brasil), Eurowine (França) e Semana Vitivinícola (Espanha). Entre várias colaborações como formador e conselheiro, destacam-se as parcerias com as Escolas de Turismo de Portugal, com os Hotéis TIVOLI, com a PORTUGÁLIA Restauração, com a MÍELE e com a MODELO CONTINENTE. É diretor técnico da VINIPAX, maior evento de vinhos do Sul de Portugal.

Tem na música outra atividade profissional, sendo membro efetivo do Coro Gulbenkian, desde 1998.