Gastronomia Restaurante sugestão

Fogão Gaúcho x Carne d’Erva – A melhor e mais sustentável carne bovina

Restaurantes Fogão Gaúcho reforçam a aposta em carnes diferenciadas, e produtores que se preocupem com a pegada ecológica e com o bem-estar animal.

É mais um passo na incessante busca do Fogão Gaúcho por servir a melhor matéria-prima com a menor pegada ecológica possível: durante o mês de setembro, os três espaços da marca, em Carnaxide, Carregado e Alverca, passam a incluir no menu a carne premium proveniente do ecossistema único da Lezíria do Tejo, a Carne d’Erva – uma parceria que poderá estender-se por tempo indeterminado.

Fogão Gaúcho Alverca
Fogão Gaúcho Alverca

Um projeto de características inigualáveis em Portugal, na Carne D’Erva todos os animais são alimentados exclusivamente a erva fresca em pastagens diversas compostas por várias espécies de plantas – fertilizados apenas pelos próprios animais, os prados capturam o dióxido de carbono por eles produzido, garantindo a neutralidade carbónica.

O resultado é uma carne de qualidade ímpar que pode agora ser degustada em exclusivo nos espaços Fogão Gaúcho.

Fogão Gaúcho - pratos
Fogão Gaúcho – pratos ©Komidah

Cada vez mais, procuramos produtos únicos, produzidos em pequena escala e com uma economia de proximidade. Temos já diversas parcerias com produtores de vinho, empresas e distribuidores alimentares nos concelhos onde estamos inseridos”, assinala Saulo Cardoso, um dos responsáveis da marca, fazendo referência à distância de poucos quilómetros entre os prados da Carne d’Erva, em Vila Franca de Xira, e os restaurantes de Alverca e Carregado.

A Carne d’Erva passa assim a fazer parte do serviço de rodízio dos três espaços Fogão Gaúcho, que continua a incluir também a carne de vitelão dos Açores.

Feijoada
Feijoada ©Komidah

Estamos constantemente à procura de uma carne diferenciada e de produtores que se preocupem com a pegada ecológica e com o bem-estar animal. Esses são pilares fundamentais para o Fogão Gaúcho”, assinala Saulo Cardoso.

O serviço de rodízio tradicional custa 18,95 €/pax (15,95€/pax aos almoços de dias da semana) e inclui uma seleção das melhores carnes, como a picanha, o cupim, a costela gaúcha, a alcatra, a maminha ou o baby beef com queijo e bacon.

De ressalvar que o Fogão Gaúcho segue a filosofia “nose to tail, utilizando a totalidade dos animais nas mais diversas preparações, como é o caso do arroz carreteiro, da farofa ou dos croquetes que fazem parte do buffet. Desta forma, garante-se um desperdício mínimo e o máximo respeito pela vida animal.

Os restaurantes Fogão Gaúcho do Carregado, Alverca e Carnaxide estão abertos todos os dias da semana, das 12h às 15h e das 19h30 às 22h30. Aconselha-se reserva prévia através dos telefones 263 861 428 (Carregado), 214 101 917 (Carnaxide) ou 219 591 324 (Alverca).