Alentejo distinção vinhos

Branco de Inverno da Ervideira ganha “Grande Prémio Escolha do Mercado”

Um branco de topo que acompanha na perfeição a culinária Portuguesa de Inverno.

A Ervideira acaba de ver o seu Branco de Inverno premiado com a classificação “Grande Prémio – Escolha do Mercado” pela reconhecida revista da especialidade, “Vinhos, Grandes Escolhas”.

O Branco de Inverno é um vinho composto pelas castas Antão Vaz e Viosinho, que depois de uma primeira fermentação, estagia com batonnage durante quase um ano, em barricas de carvalho Húngaro, passando depois por um segundo estágio, em garrafa, durante um ano.

Branco de Inverno
Branco de Inverno

Em 2019, decidimos lançar este vinho depois de já termos conquistado o consumidor com os nossos brancos, embora considerássemos que faltava no mercado um branco de topo para acompanhar a culinária Portuguesa de Inverno, especialmente o “famoso bacalhau à Lagareiro” muito rico em azeite e que necessita de um vinho de forte caracter para o acompanhar”, explica Duarte Leal da Costa, Diretor Executivo da Ervideira.

Para quem gosta de bons brancos, aqui está um branco com “armas” para acompanhar todos os pratos, seja no verão ou no inverno; sejam pratos mais delicados ou mais elaborados, desde o Bacalhau a um cozido, ou mesmo uns ovos mexidos com espargos (de notar que os espargos são dos pratos mais difíceis de casar com vinhos, pela sua elevada acidez)”, continua o porta-voz.

Para o porta-voz, “é com muito orgulho que recebemos esta distinção que corrobora, uma vez mais, a nossa missão de procurar fazer sempre mais e diferente, que inove e pique o sector”.

Apesar destas suas caraterísticas, não se trata de um vinho “todo-o-terreno” mas antes de um vinho cujo cuidado desde a escolha das castas e o seu ponto ideal para a colheita, bem como a fermentação longa a baixas temperaturas em barricas, o seu estágio nas barricas e depois o estágio em garrafa, (de cerca de um ano), fazem deste Branco de Inverno um vinho verdadeiramente extraordinário, capaz de acompanhar a culinária e de ser um vinho verdadeiramente vencedor.