Eventos lifestyle

“Palmela Wine Jazz” – Modelo adaptado à pandemia revelou-se de sucesso!

O “Palmela Wine Jazz” voltou a cumprir os seus objetivos de promover o território e os produtos locais.

O 7.º “Palmela Wine Jazz” decorreu no último fim de semana (10 e 11 de julho), no Parque Venâncio Ribeiro da Costa (junto ao Castelo de Palmela), num modelo adaptado ao contexto de pandemia, mas que se revelou de sucesso. O balanço é bastante positivo, com uma boa audiência para os espetáculos musicais e uma oportunidade privilegiada para os produtores participantes na Feira de Vinhos promoverem os seus produtos. 

Os 13 produtores que participaram na Feira de Vinhos (10 adegas e três de outros produtos locais) tiveram a oportunidade de apresentar e promover os seus produtos, com promoções e ofertas.

Feira de Vinhos
Feira de Vinhos

Ainda que, nesta edição, face à COVID-19, não tenha sido possível realizar as habituais provas de vinhos, mostram-se satisfeitos com os resultados desta ação e agradados com o espaço onde o evento decorreu este ano, em alternativa ao interior do Castelo de Palmela.

No total, os seis espetáculos musicais, realizados no Anfiteatro do Parque e na Taverna Bobo da Corte, contaram com mais de 850 espetadoras/es, cumprindo todas as normas de segurança. Destaque para os concertos de sábado com Gonçalo Sousa Quarteto, “Um Sorriso para o Toots”, e com o Trio Beatriz Nunes, Paula Sousa e Mário Franco, “À Espera do Futuro”, que foram os que atraíram mais público.

A complementar o programa, realizou-se também, ao final da tarde de sábado, a caminhada “Antes do Jazz” que, face à elevada adesão, decorreu com dois grupos de participantes.

Espetáculo Gonçalo Sousa Quarteto
Espetáculo Gonçalo Sousa Quarteto

O “Palmela Wine Jazz” foi uma parceria da Câmara Municipal de Palmela com a Associação da Rota de Vinhos da Península de Setúbal e contou com os apoios da Comissão Vitivinícola Regional da Península de Setúbal, da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e de empresas do Programa “Mecenas de Palmela”. A organização considera que, apesar das condicionantes atuais, o Festival voltou a cumprir os seus objetivos de promover o território e os produtos locais.