dão distinção vinhos

Quinta de Lemos conquista 6 prémios no Concurso Mundial de Bruxelas 2021

A Quinta de Lemos, no Dão, foi galardoada com medalhas de ouro e prata na 28.ª edição do concurso internacional.
Quinta de Lemos
Quinta de Lemos

A Quinta de Lemos, produtor de vinhos no Dão, conquistou seis prémios no Concurso Mundial de Bruxelas 2021. Os vinhos Dona Georgina 2012 e Quinta de Lemos Touriga Nacional 2009 foram distinguidos com a Grande Medalha de Ouro, o prémio mais elevado da competição.

Nesta edição do concurso, a quinta do Dão alcançou ainda três Medalhas de Ouro para os vinhos Dona Georgina 2011, Dona Santana 2009 e Dona Georgina 2009, e uma Medalha de Prata para o Quinta de Lemos Touriga Nacional 2014. Esteve ainda a concurso o vinho branco Dona Paulette Branco 2018, que obteve 82 pontos.

Vinhos Dona Georgina 2012 e Quinta de Lemos Touriga Nacional 2009 foram distinguidos com a Grande Medalha de Ouro
Vinhos Dona Georgina 2012 e Quinta de Lemos Touriga Nacional 2009 foram distinguidos com a Grande Medalha de Ouro

“Estamos muito orgulhosos dos prémios conquistados no Concurso Mundial de Bruxelas. As distinções são reflexo de todo o empenho da equipa da Quinta de Lemos.”, afirma Hugo Chaves, o enólogo à frente do projeto Quinta de Lemos desde a sua fundação. “As medalhas alcançadas são também do fundador da quinta, Celso de Lemos, que acreditou sempre na nossa visão para os vinhos”.

O Concurso Mundial de Bruxelas, uma referência entre as competições internacionais do setor, procura premiar os melhores vinhos do mundo, incluindo produtos com preços variados. Esta 28.ª edição decorreu na cidade do Luxemburgo, no Luxemburgo, entre os dias 18 e 26 de junho. Este ano, o júri internacional degustou e pontuou 10.000 vinhos, entre os quais Quinta de Lemos, que esteve em grande destaque.