dão distinção vinhos

Vinhos do Dão destacam-se a nível internacional

Nove vinhos da região receberam pontuação acima dos 90 pontos por parte do conhecido crítico Robert Parker e seis vinhos alcançaram a medalha de ouro no concurso IWC (International Wine Challenge).

A região do Dão continua a “brilhar” fora de portas, uma vez que os vinhos continuam a alcançar grande destaque internacionalmente.

Entre 24 vinhos portugueses galardoados com medalhas de ouro no conhecido concurso IWC seis vinhos são do Dão: Freire Lobo Vigno Encruzado 2018; Morgado de Silgueiros Touriga Nacional 2017; Quinta da Ponte Pedrinha Touriga Nacional 2016; Quinta dos Carvalhais Reserva Tinto 2017; Quinta de Lemos Dona Paulette Encruzado 2017; Quinta de Lemos Touriga Nacional 2009.

No que diz respeito a pontuações, mais uma vez os vinhos da região alcançaram excelentes resultados nas críticas de Robert Parker.

Vinhos do Dão destacam-se a nível internacional

Nove vinhos tiveram 90 ou mais pontos: Quinta da Falorca Old Vines Garrafeira (95 pontos); Quinta de Lemos Dona Georgina 2007 (93 pontos); Casa de Santar Reserva 2007 (92 pontos); Quinta da Falorca Noblesse Oblige Branco (92 pontos); Lua Cheia Insurgente Premium (92 pontos); Quinta da Bica Tinto Vinhas Velhas (91 pontos); Quinta da Ramalhosa Tinto 2015 (90 pontos); Quinta do Escudial Encruzado 2019 (90 pontos).

Este é sem dúvida um reconhecimento do excelente trabalho que os produtores têm desenvolvido nos últimos anos, que tanto tem contribuído para a elevação da região não só a nível nacional, como internacional. É com enorme satisfação que vejo os nossos produtores alcançarem estes excelentes resultados com os seus vinhos”, refere Arlindo Cunha, Presidente da CVR Dão.

De referir, que nos últimos anos os vinhos do Dão têm-se destacado em vários concursos internacionais de prestígio.