distinção douro vinho do porto

Robert Parker atribui 97 pontos ao Quinta dos Muros Porto Vintage 2018

Propriedade pertença da família Mansilha desde finais do século XIX tem produzido alguns dos vinhos mais aclamados pela crítica especializada.

Os 97 pontos atribuídos ao Quinta dos Muros Porto Vintage 2018 por uma das mais consideradas publicações de vinhos, Robert Parker, valida o presságio deixado por Francisco Júlio d’Araújo Mansilha, que em 1905, escrevia que dali sairiam dos melhores vinhos do País.

“Quem souber tratar os vinhos dos ‘Muros’ irá convencer-se, por exames e comparações que faça, que os não há melhores no nosso país”, vaticinava Francisco Júlio Mansilha.

Os tempos vieram dar razão a este visionário da produção de vinhos do Douro, que lavrou em livro alguns segredos e técnicas de vinificação que deveriam ficar em segredo de família. Cumpriu-se o seu desejo e até hoje as suas palavras são uma inspiração para a equipa de enologia da Quinta do Portal.

Quinta dos Muros, localizada nas encostas do Vale do Pinhão, propriedade da Quinta do Portal, tem sido palco do nascimento de uvas de qualidade superior, que redundam em alguns dos vinhos mais emblemáticos do produtor.

Quinta dos Muros Porto Vintage 2018
Quinta dos Muros Porto Vintage 2018

Sobre o Quinta dos Muros Porto Vintage 2018, um blend de Touriga Nacional, Touriga Franca e Tinta Roriz e estágio de um ano em barricas velhas, escreve o crítico que “regista uma grande evolução em relação aos anteriores vintage da empresa, muito mais poderoso e com mais personalidade”.

Na opinião do crítico, este vintage expressa-se ainda melhor depois de aberta a garrafa, revelando fruta madura e geleia de morango, com grande complexidade. “É um dos meus preferidos de 2018 e estou a preparar-me para usufruir de todo o seu potencial de envelhecimento e evolução”, escreve.

No seu escrito, o crítico tece rasgados elogios ao trabalho de enologia que vem sendo desenvolvido na Quinta do Portal, sublinhando que “é um produtor com um excelente desempenho, dos LBV aos colheita, dos portos aos vinhos de mesa”.

Quinta dos Muros, a mais antiga propriedade na posse da família Mansilha Branco, fundadora da Quinta do Portal, tem dado ao mundo da enofilia excelentes portos e, mais recentemente, foi o berço de um vinho do Douro de eleição, o Quinta dos Muros M7 Unique Vineyard Parcel 2016, novo topo de gama da empresa.