douro Páscoa sugestão

Três Bagos Reserva (branco e tinto) são vinhos D’ouro para a Páscoa

Sugestão de dupla de vinhos da Lavradores de Feitoria para a Páscoa.

Para a Páscoa, a Lavradores de Feitoria sugere a sua dupla de Três Bagos Reserva: o branco de 2019 e o tinto 2017. Vinhos que exprimem o carácter do Douro vitivinícola, privilegiando a elegância e o equilíbrio, denominador comum no portefólio de vinhos desta empresa duriense. Néctares que se destacam pelo seu excelente compromisso com a qualidade e acessibilidade: estão à venda em hiper e supermercados, mas também em lojas especializadas e garrafeiras, agora com forte presença on-line.

Três Bagos é a marca bandeira da Lavradores de Feitoria, tendo sido a primeira a nascer do conceito de união, a “união que faz a força” e o lema que esteve na génese e está no ADN da empresa, produtor que tem vinte quintas espalhadas pelos melhores terroirs das três sub-regiões do Douro: Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior.

Três Bagos Reserva (branco e tinto) são vinhos D’ouro para a Páscoa
Três Bagos Reserva (branco e tinto) são vinhos D’ouro para a Páscoa

O número três reflete também as castas que dão origem a estes ‘Reserva’, vinhos de lote com estágio parcial em madeira. Um perfil que soma fruta, frescura e estrutura, trio que garante um bom potencial de evolução e envelhecimento em garrafa. Vinhos que podem ser bebidos a solo na companhia de uma boa conversa, mas grande potencial gastronómico e uma amplitude de harmonização “todo-o-terreno”. 

Três Bagos Reserva branco 2019 (€7,59) resulta da união das castas brancas mais típicas do Douro: Viosinho, Gouveio e Rabigato. De cor amarelo citrino brilhante, tem um aroma muito fresco e exuberante. É intenso, complexo, repleto de fruta fresca, como pêra e melão, e algumas notas de citrinos. No palato, a entrada é fresca, pleno de fruta e com mineralidade, mostrando-se complexo, saboroso e com acidez equilibrada. Apresenta um final longo e muito fino.

Tinta Roriz, Touriga Franca e Touriga Nacional compõe o lote do Três Bagos Reserva tinto 2017 (€9,49), um vinho de cor vermelha viva, rico, fresco e bastante complexo, onde predomina o carácter frutado de uvas bem maduras. A madeira discreta e bem integrada contribui para a sua complexidade e enriquecimento aromático. No paladar, é intenso, cheio e com boa presença de frutos vermelhos maduros. A acidez é equilibrada, os taninos suaves, mas presentes. Bem estruturado, é tinto bastante saboroso, com um final de boca suave e muito agradável.