Alvarinho distinção vinhos

Alvarinho Deu-La-Deu Histórico em destaque nos Prémios Grandes Escolhas

A Adega de Monção foi distinguida, novamente, nos “Melhores do Ano” da prestigiada Revista Vinho Grandes Escolhas.

Alvarinho Deu-La-Deu Histórico 2017 integra o Top 30 – Os Vinhos de Sonho de 2020, na categoria de vinhos brancos, tendo sido considerado “um perfeito exemplo de que, em Monção e Melgaço, é possível fazer um Alvarinho de excelência sem recorrer à barrica”, pelo crítico Luís Lopes.

Os Prémios Grandes Escolhas são numa iniciativa da Revista Vinho Grandes Escolhas e foram atribuídos por uma equipa de provadores, composta por Dirceu Vianna Júnior MW, João Paulo Martins, Luís Lopes, Mariana Lopes, Nuno de Oliveira Garcia e Valéria Zeferino.

O concurso tem como objetivo ser um guia para os consumidores, dando a conhecer os melhores vinhos de 2020, com base na opinião de um grupo de críticos bastante experientes.

Alvarinho Deu-La-Deu Histórico 2017
Alvarinho Deu-La-Deu Histórico 2017

A Adega Cooperativa de Monção é o maior produtor local e uma referência a nível nacional e internacional, devido à qualidade dos seus néctares. Luís Lopes considera que “este Deu-La-Deu, chamado de “Histórico” pelo classicismo da rotulagem” era o vinho completamente diferenciador que faltava à Adega de Monção.

O Alvarinho Deu-La-Deu Histórico 2017 é um néctar produzido com uma criteriosa seleção de uvas dos vinhedos mais antigos de Monção e com uma tecnologia de vinificação ancestral- a fermentação do mosto juntamente com a película da uva. Apresenta um aroma com a expressão muito forte da casta e um sabor intenso, elegante, harmonioso, encorpado e com boa rusticidade.

Este vinho tem feito bastante sucesso nos consumidores e nos críticos, tendo ganho também, uma medalha de ouro no concurso internacional Catavinum Worl Wine & Spirits, organizado no País Basco, em Espanha.