douro sugestão vinhos

Três Bagos são Grandes Escolhas para elas e para eles

Com a assinatura da Lavradores de Feitoria, sugerimos dois tintos do Douro que são escolhas certas para brindar nas efemérides que se aproximam: o Dia da Mulher e o Dia do Pai, a 8 e 19 de março, respetivamente.

Março é, sem dúvida, um mês de datas marcantes: ao Dia da Mulher, a 8, segue-se o Dia do Pai, a 19. Duas efemérides que pedem à altura. Do Douro, a Lavradores de Feitoria sugere duas ‘Grande(s) Escolha(s)’: ambos tintos e criados sob o mesmo princípio, são eles o ‘Três Bagos Grande Escolha’ e o seu homólogo mais velho, o ‘Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado’.

Criada em 2000, no Douro, a Lavradores de Feitoria (LF) é uma empresa de vinhos com um modelo de negócio singular, ao resultar da união de pequenos produtores, dirigidos por uma equipa única de gestão e enologia.

A LF tem o privilégio de produzir vinhos a partir de um património vitivinícola com mais de 600 hectares, distribuídos pelas suas 20 quintas, localizadas ao longo do Baixo Corgo, Cima Corgo e Douro Superior, as três sub-regiões da Região Demarcada do Douro, a mais antiga do Mundo e Património Mundial da Humanidade.

Três Bagos Grande Escolha tinto
Três Bagos Grande Escolha tinto

O ‘Três Bagos Grande Escolha tinto’ reflete, como o nome indica, uma grande escolha, feita em duas fases: desde logo na vinha e, posteriormente, na . Um field blend feito a partir de uma mistura de castas, plantadas em Vinhas Velhas – com uma média de idades acima dos 60 anos – e oriundas de diferentes quintas da Lavradores de Feitoria. Vinificado com pisa a pé nos tradicionais lagares de pedra, segue depois para estágio em barricas, sendo selecionadas as mais equilibradas, na base da criação de um lote sublime, com capacidade de guarda.

Pronto a beber aquando do seu lançamento, o ‘Três Bagos Grande Escolha tinto’ reflete o que de melhor se faz no Douro e, também por isso, é um vinho com enorme potencial de evolução em garrafa.

Porque damos cada vez mais valor ao tempo e à tradição, em cada colheita, a Lavradores de Feitoria decide preservar algumas garrafas de ‘Três Bagos Grande Escolha’, proporcionando-lhes as condições ideais para a sua correta evolução, com ‘Estágio Prolongado’ na sua cave de envelhecimento. Anos mais tarde, é lançado para o mercado como ‘Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado’.

É caso para dizer que é um tinto “envelhecido, mas sem rugas”, onde é possível perceber-se a sua frescura, enorme complexidade e potencial de guarda.

Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado
Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado

Atualmente no mercado, estão ‘Três Bagos Grande Escolha tinto 2015’, em garrafa individual (€35,00) ou numa elegante caixa de três garrafas (€112,50), e o ‘Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado’ (€65), uma década de vinho do icónico ano de 2011. Embora em confinamento, estes vinhos estão disponíveis para compra em restaurantes com serviço de home delivery, garrafeiras e lojas da especialidade com vendas on-line, ou através do site da Vinicom, a distribuidora nacional dos vinhos da Lavradores de Feitoria.

Avatar

Apaixonado por Comunicação e Marketing, com formação superior nas áreas de Relações Públicas e Publicidade, e especializações em Marketing de Vinhos, Marketing Digital, Social Media e Turismo. Qualificação em Vinhos WSET® (Wine & Spirit Education Trust).