Eventos Gastronomia sustentabilidade

Arrebita Idanha Bio – José Avillez e Alexandre Silva confirmados

Idanha-a-Nova recebe Arrebita Bio, 100% seguro e com foco na sustentabilidade. José Avillez e Alexandre Silva são os primeiros nomes confirmados.

Nos dias 3 e 4 de outubro, aquela que é a primeira Bio-Região portuguesa, Idanha-a-Nova, acolhe o único evento gastronómico desenhado para o atual contexto de Estado de Contingência que reúne os melhores chefs e produtores nacionais num anfiteatro natural único no mundo. O acesso é gratuito.

Após o sucesso de Portimão, em agosto, o Arrebita Portugal regressa com o ARREBITA IDANHA BIO, com normas de segurança e higiene ainda mais exigentes. 

José Avillez

A iniciativa criada pela Amuse Bouche especialmente para este período de pandemia ruma agora ao centro, com o foco na sustentabilidade e na biodiversidade e o intuito de estimular a economia rural do interior e o turismo nacional.

Em dois dias de comunhão com a natureza e com as mais antigas tradições e culturas da região, 25 chefs portugueses de topo cozinham com mestria os melhores produtos biológicos locais em duas das mais antigas aldeias do município, Penha Garcia e Idanha-a-Velha

José Avillez (Belcanto, 2*Michelin), Alexandre Silva (LOCO, 1*Michelin, e FOGO), Óscar Geadas (G, 1*Michelin) e José Júlio Vintém (Tombalobos) são os primeiros nomes confirmados daquele que é o primeiro evento 100% sustentável e biológico da gastronomia em Portugal.

Alexandre Silva ©Paulo Barata

Tendo como objetivo a revitalização da economia regional e nacional, o ARREBITA IDANHA BIO tem como prioridade absoluta a segurança de todos os envolvidos, bem como das populações locais. Por esse motivo, e em concordância com as normas da Direção Geral da Saúde (DGS), Proteção Civil, Bombeiros e GNR, os percursos são controlados e de sentido único, de forma a impedir a aglomeração de pessoas. Por iniciativa própria, a Amuse Bouche assegura ainda a realização do teste à COVID-19 a todos os chefs participantes e staff envolvido.

Num amplo “recinto” natural ao ar livre, quer em Penha Garcia quer em Idanha-a-Velha, o espaço é uma das grandes mais-valias deste Arrebita, permitindo à organização cumprir todas as regras da DGS e a nova legislação decorrente da implementação do Estado de Contingência. Nesse sentido, o número de visitantes é permanentemente controlado e limitado por uma equipa de 30 colaboradores, cuja função é garantir que todos possam desfrutar do evento em segurança.

Depois do sucesso do Arrebita Portimão, acreditamos que é possível continuar a dinamizar as cidades e aldeias do país de uma forma segura e que honre as pessoas e tradições do nosso país. Este Arrebita Idanha Bio é totalmente vocacionado para a sustentabilidade e para a preservação e dinamização de uma zona rural com um património de valor incalculável”, afirma Ana Músico, CEO da Amuse Bouche.

Moinhos da Rota doa Fósseis Penha Garcia ©Paulo Barata

No dia 3 de outubro, o evento decorre em Penha Garcia. É nos moinhos de rodízios que alguns dos melhores chefs do país vão cozinhar pratos no fogo e inspirados nas tradições da região. Localizados nas margens do rio Pônsul, estes moinhos onde outrora se produziam farinhas de trigo e centeio estão inseridos na Rota dos Fósseis e no Parque Icnológico, uma zona classificada pela UNESCO, enquanto Geomonumento do Geopark Naturtejo, onde se encontram vestígios de trilobites com 480 milhões de anos! 

Ruínas da sé Idanha-a-Velha ©Paulo Barata

A 4 de outubro é a vez de Idanha-a-Velha, uma das 12 Aldeias Históricas de Portugal, receber os cozinheiros nas suas ruas e ruínas romanas. Um palco natural privilegiado onde os visitantes terão oportunidade de provar a mais inventiva e contemporânea cozinha de rua, em criações que valorizam os melhores e mais frescos produtos da região numa lógica sustentável.

A iniciativa está inserida na programação oficial da Lisboa Capital Verde 2020 e conta com o apoio e colaboração das Câmaras Municipais de Lisboa e de Idanha-a-Nova.     

Com acesso gratuito em ambos os dias, o ARREBITA IDANHA BIO decorre entre as 12h30 e as 19h00 no dia 3 de outubro, e no período das 12h30 às 20h30 no dia 4 de outubro. Os pratos custam entre 5 € e 8 €.