concurso dão prémios

Quinta de Lemos conquista Prémio Revelação no Concurso Mundial de Bruxelas 2020

A quinta do Dão foi a única em Portugal a receber esta distinção, tendo ainda ganho uma medalha Grande Ouro e três medalhas de Ouro com os seus vinhos.
Quinta de Lemos

A Quinta de Lemos, no Dão, foi uma das grandes vencedoras do prestigiado Concurso Mundial de Bruxelas 2020, com a distinção de “Prémio Revelação” por Portugal – um galardão atribuído a um único produtor por país.

Quatro dos vinhos elaborados por Hugo Chaves, enólogo da Quinta de Lemos desde a fundação, foram igualmente premiados: o Touriga Nacional 2010 recebeu a Medalha “Grande Ouro”, a mais elevada, e os vinhos Dona Georgina 2013, Dona Georgina 2010 e Touriga Nacional 2013 receberam a Medalha de Ouro.

Touriga Nacional 2010

Para Hugo Chaves, enólogo da Quinta de Lemos, “receber estes prémios por parte deste concurso, um dos mais prestigiados a nível mundial, é uma prova da consistência da qualidade dos nossos vinhos – e como tal, muito bem-vinda”, afirmou.

Hugo Chaves – enólogo da Quinta de Lemos

O Concurso Mundial de Bruxelas decorreu entre 4 e 6 setembro em Brno, na República Checa, tendo sido provados 8500 vinhos de 46 países produtores.

A 27ª edição do Concurso Mundial de Bruxelas todos os anos procura distinguir os melhores vinhos de todos os continentes, dentro de uma variada gama de preços, para melhor servir o consumidor.

Quinta de Lemos – Adega

A prova é cega, e nem a pandemia de Covid-19  impediu os provadores, um painel de profissionais, líderes de opinião e atores da economia mundial do vinho. Esta é uma grande distinção para a Quinta de Lemos, para o Dão e para Portugal.

Encontre os resultados do concurso aqui:

%d bloggers like this: