Gastronomia Restaurante

Restaurante Atlântico reabre com nova identidade ligada às Raízes

Mundo gastronómico do VILA VITA Parc segue na aposta sustentável “da horta para a mesa”.
Restaurante Atlântico
Restaurante Atlântico

O VILA VITA Parc Resort & Spa reabre o restaurante de fine dining Atlântico com uma identidade retrabalhada que coloca as raízes e os ingredientes tradicionais da região algarvia como protagonistas do cardápio, sob alçada do Chef Pedro Pinto. Com reabertura agendada para dia 27 de junho, esta redefinição de cozinha no Atlântico vem reforçar e complementar a filosofia sustentável, seguida pelo VILA VITA Parc, em enaltecer e apoiar a riqueza gastronómica e cultural portuguesa.

Com a mesma decoração elegante e sofisticada em tons de azul a sugerir a entrada da vista para o mar no seu interior, o restaurante Atlântico regressa, desta forma, com uma oferta que se foca nas raízes.

Restaurante Atlântico - vista mar
Restaurante Atlântico – vista mar

Raízes gastronómicas e culturais que o Algarve reúne do tempo das conquistas e descobrimentos, que se traduzem nos ingredientes típicos, alguns caídos no esquecimento, nas receitas tradicionais da região algarvia e no reabastecimento em hortas próprias, de pequenos produtores e em fornecedores locais.

A privilegiar produtos 100% Bio, o respeito pelos ciclos da natureza e quem os produz, na carta do Atlântico sobressaem a Beterraba (Tártaro, Bagas do Bosque, Pickles, Mostarda de Framboesa da “Quinta da Saudade” e Queijo de Cabra do Algarve), o Arroz Carolino de Alcácer do Sal (meloso de carabineiro e bivalves em infusão de aguardente velha e coentros), as Ostras da Ria Formosa (Crocantes com algas do Atlântico, limão e caril Kashmir), o “Cozido” BIO  (Grão, batata doce, chícharo, nabo, kale, pêra de Alcobaça e morcela da horta), o Trigo bulgur do Médio Oriente (Paleta de cabrito BIO, cozinhada a baixa temperatura com aromas de Marraquexe) ou a Raia Alhada de Olhão (Migas de berbigão, limão e agrião).

Existe também a opção do Menu de Degustação “Raízes com História”, de autoria do Chef, para quem se quiser deixar surpreender.

Chef Pedro Pinto
Chef Pedro Pinto

Pratos que se apresentam com uma criatividade, dinamismo e qualidade muito próprios. Caraterísticas apenas possíveis por se tratar de uma cozinha orgânica, concentrada no sabor dos ingredientes e inspirada na Natureza tal qual é” afirma o Chef Pedro Pinto, cujo percurso passa por restaurantes Michelin como AbAC Barcelona ***, o Vila Joya ** ou o Yeatman** no Porto.

O restaurante Atlântico, que serve jantares e também pequenos-almoços dentro deste conceito, é um dos 11 restaurantes e bares que completam o mundo culinário do VILA VITA Parc (@culinaryworldofvilavita) que reúne uma diversidade de perfis gastronómicos, que na base da filosofia “da horta para a mesa” privilegiam a sazonalidade, produção e fornecedores locais. Muitos produtos, sobretudo a carne, são oriundos da Herdade dos Grous, propriedade do resort no Alentejo.

A variedade de escolha desde a cozinha contemporânea japonesa no restaurante Mizu Teppanyaki, os pratos tradicionais portugueses no apreciado Adega, os grelhados de peixe e carne mais frescos no restaurante Alladin Grill, passando pelas refeições mais ligeiras no restaurante Whale, a cozinha europeia no restaurante Bela Vita, até ao restaurante Ocean de duas estrelas Michelin dentro das imediações do resort.

Estende-se ainda a especialidades inspiradas na cozinha da Baviera, no restaurante Biergarten, em Porches e no Armação Beach Club, na Praia de Armação de Pêra, uma seleção de pratos equilibrados, frescos e de tendência no Praia Dourada e o marisco fresco ou o clássico Curry de Camarão ao estilo de Moçambique no Arte Náutica.

Esta variedade permite aos hóspedes e também a todos os visitantes embarcarem em experiências diferentes todos os dias, confiantes em relação à origem e qualidade dos ingredientes.

%d bloggers like this: