declaração vinho do porto

Quinta do Noval declara Vintage 2018

A Quinta do Noval acaba de anunciar a declaração do seu Porto Vintage 2018. Christian Seely, diretor geral da Quinta do Noval, considera que "O vinho é maravilhosamente maduro, cheio e exuberante, especiarias no nariz, com taninos longos e muito finos numa pureza e elegância clássicas do Noval."
Quinta do Noval Vintage 2018
Quinta do Noval Vintage 2018

A Quinta do Noval anuncia a declaração do seu Porto Vintage 2018. Veja o comunicado na íntegra. 

Christian Seely, diretor geral da Quinta do Noval, comenta: 

Não será porventura uma surpresa estarmos a declarar o Quinta do Noval Vintage. Como em 2017, embora por motivos diferentes, o ano de 2018 teve uma produção baixa.

O ano de 2017 foi de seca extrema, enquanto 2018 ficou marcado pela abundante chuva na primeira metade do ano que afetou o período de floração da videira, resultando numa redução do rendimento potencial.

Estas condições lançaram um desafio aos trabalhos vitícolas para que as uvas se apresentassem em ótimo estado sanitário na vindima.

No entanto, após este período, seguiu-se um longo verão quente e seco que, aliado aos níveis de água no solo devidamente reabastecidos e ao reduzido rendimento, conduziu a um excelente período de maturação, evidente neste Porto Vintage 2018, que se mostra magnificamente maduro, profundo e expressivo.

Como sempre, o Porto Vintage Quinta do Noval é feito exclusivamente a partir de uvas da nossa Quinta, no coração do Douro, e a quantidade engarrafada (1600 caixas) do Porto Vintage 2018 representa apenas 7% da produção da Quinta, como é hábito uma seleção muito rigorosa das melhores vinhas para fazer o lote Quinta do Noval.

Tanto a Touriga Nacional como a Touriga Francesa sobressaíram em 2018, em particular a Francesa, que beneficiou das condições ideais de maturação, e este lote de vinho do Porto Vintage é dominado por estas duas castas

O vinho é maravilhosamente maduro, cheio e exuberante, especiarias no nariz, com taninos longos e muito finos numa pureza e elegância clássicas do Noval.” 

%d bloggers like this: