douro lojas online marketing digital

Lavradores de Feitoria está on-line com Vinicom e Adegga

Com serviço de entrega de vinhos em casa através de compra on-line, e portes grátis a partir de €50,00.

A união faz a força”: um lema que está no ADN da Lavradores de Feitoria.

Quinta da Estrada
Quinta da Estrada

Desde a sua criação, que o produtor de vinhos do Douro tem primado por um trabalho de estreita relação com os seus parceiros e, nesta necessidade de fazer chegar os vinhos a casa dos seus clientes (finais), no âmbito do isolamento social causado pela pandemia de Covid-19, vai continuar a fazê-lo.

Como?

Com a venda dos seus vinhos nas plataformas digitais da Vinicom e do Adegga.

A primeira porque é o seu distribuidor a nível nacional; a segunda porque é uma empresa com a qual a Lavradores de Feitoria colabora há longos anos, estando presente nos eventos vínicos que organizam e que agora estão impedidos de fazer.  

Os vinhos da Lavradores de Feitoria podem agora ser comprados on-line e entregues em sua casa, através da loja da Vinicom (https://vinicom.pt/loja-online/) e no Adegga MarketPlace (https://adegga.com/shop/), onde a Lavradores de Feitoria surge logo na abertura.

Em ambos os casos, os portes são grátis em compras superiores a 50 euros

Chapéu no Medronheiro
Chapéu no Medronheiro

De entre o portefólio de vinhos da Lavradores de Feitoria, vão estar em venda on-line a trilogia ‘Lavradores de Feitoria’, com branco, rosé e tinto; dupla ‘Três Bagos Reserva’ (branco e tinto); o afamado e tão disputado ‘Três Bagos Sauvignon Blanc’; o típico tinto do Douro engarrafado sob a forma de ‘Quinta da Costa das Aguaneiras’; e os elegantes e diferenciadores ‘Meruge’, branco e tinto.

Mas também o vinho que a Lavradores de Feitoria, prestes a celebrar 20 anos, lançou quando atingiu a maioridade, ou seja, o ‘Lavradores de Feitoria 18.º Aniversário’, um 100% Tinto Cão apenas disponível em garrafas mangum.

Vindimas Lavradores de Feitoria
Vindimas Lavradores de Feitoria

A loja da Vinicom tem ainda duas outras referências! São elas o topo de gama da Lavradores, o ‘Três Bagos Grande Escolha tinto 2015’ – que no final do ano foi eleito o melhor tinto do Douro pela revista da especialidade Grandes Escolhas – e o especial ‘Três Bagos Grande Escolha Estágio Prolongado tinto 2005’, com mais dez anos de estágio, feito em plenas condições na adega do produtor, e que a Lavradores relança quando a excelência é exaltada.

De lembrar que a Lavradores de Feitoria teve, desde a sua génese, em Setembro de 2000, um papel diferenciador.

É um projecto único que resultou da união de pequenos produtores vitivinícolas do Douro (os lavradores de feitoria), que perceberam que juntos seriam mais fortes.

Mão com terra - Lavradores de Feitoria
Mão com terra – Lavradores de Feitoria

É hoje composta por 16 lavradores proprietários de 19 quintas, às quais se junta a 20.ª, de seu nome Quinta do Medronheiro e que já foi adquirida com capital da empresa, em 2011.

Voltando ao início, pela primeira vez no Douro (e em Portugal, uma vez que é um modelo de negócio nunca replicado), um grupo de convictos durienses associou saberes e experiências, inovação e tradição, num esforço conjunto e solidário que marcou uma nova época para o Douro.

Partilha e associativismo, concertados de uma forma moderna, razoável e inteligente, são os valores subjacentes à Lavradores de Feitoria.

Vinha Nova no Medronheiro
Vinha Nova no Medronheiro

No total, a Lavradores de Feitoria tem ao seu dispor uvas provenientes de mais de 600 hectares de vinha. 

O portefólio de vinhos da Lavradores de Feitoria é composto por Lavradores de Feitoria (branco, rosé e tinto), Três Bagos (Sauvignon Blanc, Reserva branco e tinto, Grande Escolha tinto, Grande Escolha Estágio Prolongado tinto e Colheita Tardia), Meruge (branco e tinto) e Quinta da Costa das Aguaneiras tinto. Tem ainda outras marcas para o mercado externo.