Alvarinho prémios vinhos verdes

Vinhos da Adega de Monção novamente premiados

A Adega de Monção prova mais uma vez que a aposta na qualidade é real. Desta vez, foram três os vinhos distinguidos pelo concurso internacional Catavinum World Wine & Spirits 2020.

A Adega de Monção “arrecadou” mais três medalhas no concurso internacional Catavinum World Wine & Spirits 2020, que se realizou recentemente em Espanha.

O Alvarinho Deu La Deu Fernando Moura foi galardoado com um Grande Ouro. O Alvarinho Deu La Deu Reserva 2017, com um Ouro e o Alvarinho Deu La Deu 2018 com a Medalha de Prata.

Alvarinho Deu La Deu Fernando Moura
Alvarinho Deu La Deu Fernando Moura

O Alvarinho Deu La Deu Fernando Moura distinguido com a medalha Grande Ouro é um vinho lançado no final de 2019 e que pretende homenagear os 30 anos de relacionamento entre a Adega de Monção e o enólogo Fernando Moura e que resulta da junção de três alvarinhos numa produção limitada.

Alvarinho Deu La Deu Reserva 2018
Alvarinho Deu La Deu Reserva 2018

Já o Alvarinho Deu La Deu Reserva, de 2018, vencedor de Ouro, é um verde branco elaborado com casta Alvarinho proveniente de vinhedos antigos. Limpo e fresco, com forte presença do aroma a flor de laranjeira, maracujá, pêssego e alperce, é um vinho macio e encorpado, onde sobressaem os sabores frutais.

Alvarinho Deu La Deu de 2018

Com medalha de Prata, o Alvarinho Deu La Deu de 2018 é um vinho branco seco de caráter frutado, com predominância de frutos de prunóideas, com algumas nuances a frutos tropicais e algum caráter floral, ideal para acompanhar carnes brancas, marisco e peixe.

Armando Fontainhas, presidente da direção da Adega de Monção, manifestou a sua enorme satisfação pela excelente classificação alcançada pelos Alvarinhos, “num claro sinal da qualidade que os nossos vinhos”, refere.

%d bloggers like this: