bar Gastronomia Restaurante

Audaz – Dá gosto riscar a rotina

Neste gastropub bebe-se e come-se com qualidade. Situado em Campo de Ourique, este espaço quer fazer parte do bairro e riscar o dia a dia rotineiro.
Equipa Audaz
Equipa Audaz

Não é um restaurante, mas também não é um bar, é sim um híbrido entre os dois – esta frase podia ser o início de um enigma, mas é antes uma das possíveis definições do Audaz, o novo espaço de restauração de Lisboa.

Na verdade, trata-se de um gastrobar, um espaço versátil onde se come e bebe com qualidade. O Audaz compromete-se a dar igual destaque ao menu e à carta de bebidas. Desafiante? O nome não se presta a menos!

Bochecha de Vitela
Bochecha de Vitela

Criado como filho de Campo de Ourique, na Rua 4 de Infantaria 3A, este gastropub quer fazer parte da vida do bairro; quer riscar o dia a dia rotineiro com um menu português que se atreve a tocar outras culturas, e uma carta de bar preenchida com referências nacionais de produtores selecionados a dedo.

No Audaz, as conversas têm melhor sabor à mesa – e esta é uma promessa da casa.

DE COMER E PARTILHAR POR MAIS

Bacalhau
Bacalhau

Na cozinha, é o chef executivo Manuel Lino que guia esta incursão pela gastronomia nacional, desafiando-se a “atualizar a técnica e a estética, mas respeitando uma cozinha de conforto”, cujos sabores sejam reconhecíveis, mas dando palco a produtos com menos protagonismo.

Hamburguer
Hamburguer

Assim, dos petiscos aos pratos principais, não podiam faltar as propostas mais audaciosas, e por isso menos consensuais, como as Moelas de galinha (8€), os Pezinhos de porco de coentrada com samos de bacalhau crocantes (8€), a Orelha de porco prensada com escabeche de mexilhões e molho de francesinha (8€), ou a Bochecha de vitela estufada com cremoso de batata doce fumada (17€).

Encharcada
Encharcada

Nas sobremesas, a cargo do chef pasteleiro João Picão, há referências populares como a Encharcada (5€) com gelado de azeite e azeitona crocante, Pudim de pão do Sátão (5€) com gelado de anis, e outras mais inusitadas como é o caso do Arroz cotta (5€), uma panna cotta de arroz doce com caramelo de canela e arroz crocante, para as bocas mais doces.

A BEBER É QUE A GENTE SE ENTENDE

Audaz cocktail
Audaz cocktail

Sem tirar o protagonismo ao menu, entram em cena as propostas de bar, servidas puras ou em cocktails. O da casa, o Audaz (10€), desafia o paladar, numa mistura de cerveja Guinness, whiskey Moonshire Original, um blend de café com figo e xarope de açúcar.

Desassossego
Desassossego

A maior parte da carta de destilados é de origem nacional, como é o caso do rum da Madeira, gin do Alentejo e whiskey do Ribatejo. A carta de bar compõe-se ainda de 10 referências de cerveja e 23 de vinho português de pequenos produtores que se dedicam a criar produtos alternativos, seja um pinot noir da Costa Vicentina ou um vinho branco da Bairrada. A equipa é liderada pelo chef de bar André Peixe.

Ousado e despretensioso, o Audaz desafia-nos a viver Lisboa, sem horas marcadas, mas de preferência na companhia de antigos e novos amigos.

Ginja Sour cocktail
Ginja Sour cocktail

E, como se não chegasse, vai também ser palco de uma programação cultural pautada por música ao vivo e DJ sets. É que o Audaz explora uma nova abordagem de gastropub, também ponto de encontro para descoberta de novos artistas, de variadas áreas.

Com uma decoração que joga com tons escuros para criar um ambiente descontraído e informal, há uma parede preenchida com tábuas de madeira que se movem, outra em betão, criando harmonia entre referências quentes e frias; e um mural (que se estende ao teto) pintada pela artista Tamara Alves, que ali demorou três dias inteiros na personalização da parede.

Os sofás em verde esmeralda mesclam-se com o verde das árvores – sim, há oliveiras no interior do Audaz – e a música toca vários géneros musicais, numa playlist eclética que evolui com o avançar do dia e noite.

Audaz está aberto até às 2h00 (a cozinha fecha à 1h00) de quinta a sábado, prometendo afirmar-se como um lugar único no bairro, onde é possível fazer uma refeição, seguida de copos entre amigos e música pela noite dentro.

%d bloggers like this: