ambiente responsabilidade social sustentabilidade

Esporão apoia a campanha "Agroambientais sem glifosato/herbicidas"

Nos últimos dez anos, a Herdade do Esporão tem vindo a desenvolver mudanças nas práticas agrícolas, apontando caminhos pioneiros para a sustentabilidade da agricultura em Portugal.
Herdade do Esporão - vinha
©Esporão – vinha

A “Plataforma Transgénicos Fora” (PTF) apresentou esta segunda-feira, dia 10 de fevereiro, na Herdade do Esporão, a campanha “Agroambientais sem Glifosato/Herbicidas”, que tem como objetivo promover a agricultura regenerativa, climática, sem Organismos Geneticamente Modificados (OGM) e com mais carbono no solo.

A escolha da data para esta sessão lançamento é significativa: no mesmo dia é assinalado o Dia Mundial das Leguminosas, elemento vegetal de extrema importância na mitigação das alterações climáticas e da cobertura dos solos.

Herdade do Esporão - Alentejo
©Esporão

Muito se tem falado e discutido sobre as alterações climáticas e a sustentabilidade ambiental, mas pouco se tem feito. No contexto das evidências científicas e da realidade, acabar com a utilização de produtos tão nocivos como o glifosato na agricultura é de elementar bom senso. É por isso incompreensível a resistência à mudança por parte dos agricultores, decisores políticos e empresariais. Perante as próximas gerações, fica neles a responsabilidade pela contaminação dos solos e da água do nosso planeta.” afirma João Roquette, CEO do Esporão.

A Herdade do Esporão foi o palco desta apresentação e o Esporão, junta-se à campanha que preconiza a agricultura praticada neste território.

Nos últimos dez anos, a Herdade tem vindo a desenvolver mudanças nas práticas agrícolas, apontando caminhos pioneiros para a sustentabilidade da agricultura em Portugal.

Herdade do Esporão - Centro Histórico
©Esporão Enoturismo – Centro Histórico

Com cerca de 702 ha de vinha, olival, pomar e horta abandonou o uso de glifosato e de qualquer tipo de herbicidas em 2011.

A conversão para a agricultura biológica iniciada há 9 anos valeu ao Esporão a certificação de azeites (como o Olival dos Arrifes) e vinhos (como o Esporão Colheita), comercializados nos mercados nacional e internacional.

A excessiva utilização de herbicidas, em particular do glifosato, é uma das más práticas agrícolas que mais contribui para a pobreza dos solos, pela diminuição da fixação de carbono e outros nutrientes e pela erosão.

A campanha “Agroambientais sem Glifosato/Herbicidas” apresentou as soluções práticas da Plataforma Transgénicos Fora que foram debatidas no Evento realizado na Herdade do Esporão.

%d bloggers like this: