Advertisements
Gastronomia restaurante

Fins de Semana Gastronómicos – Mais de mil restaurantes e 200 receitas

Evento arranca hoje e prolonga-se até novembro de 2020.

A 12ª edição dos Fins de Semana Gastronómicos arranca já esta sexta-feira, 29 de novembro, em Mesão Frio e Vila Verde. Um evento promovido pelo Turismo do Porto e Norte (TPNP), com o envolvimento de 78 dos 86 municípios da área da TPNP e durante o qual serão servidas cerca de 210 receitas regionais em mais de mil restaurantes, 500 empreendimentos turísticos e 350 quintas, adegas e espaços enoturísticos

À mesa destes Fins de Semana Gastronómicos estarão, ainda, mais de 100 receitas de doçaria tradicional e conventual, 50 produtos qualificados e vinho proveniente de cinco denominações.

Na apresentação desta 12ª edição, que decorreu em Felgueiras, o presidente da TPNP, Luís Pedro Martins, salientou tratar-se do maior projeto público-privado do país no que ao produto turístico de gastronomia e vinhos diz respeito.

Luís Pedro Martins realçou que este “é um dos produtos mais estruturantes para a consolidação da oferta turística da região e da imagem do destino no contexto nacional”.

O presidente da TPNP considerou ainda que “a gastronomia e o vinho têm a capacidade de contribuir para o aumento da estada média e da fidelização ao destino por via da revisitação, bem como para o aumento do consumo”.

Simultaneamente, acrescentou, “potencia o empreendedorismo empresarial, atenuando a sazonalidade, além de criar e consolidar postos de trabalho”. 

Ainda de acordo com Luís Pedro Martins, “são mais de 180 mil as pessoas que trabalham diretamente para este produto na região”.

Perante uma plateia repleta de autarcas, técnicos de turismo e empresários, o responsável máximo da TPNP apresentou os Fins de Semanas Gastronómicos como um exemplo de como se deve “estruturar criando e ganhando escala”, que é o modelo que defende para a região.

Revelou ainda, a propósito, a intenção de iniciar na próxima edição, em 2020, a “trajetória de internacionalização do evento, dando-lhe uma nova dinâmica, com maior ambição, através da criação de uma marca que associe os Fins de Semana Gastronómicos a um produto de quatro dias na região, estimulando o aparecimento de mais experiências enogastronómicas”.

Manifestando a sua satisfação com o crescimento da atividade turística no Porto e Norte, o presidente da TPNP considerou existirem condições para continuar neste ritmo.

Defendeu, porém, a necessidade de resolver alguns “problemas de mobilidade para os turistas” existentes. “É preciso melhorar algumas estradas, que ligam as pequenas localidades e convidar os turistas a perderem-se na região”, disse.

Igualmente fundamental será “o investimento na ferrovia, nomeadamente no Douro, onde os números podem crescer muito mais”, acrescentou.

A título de exemplo, Luís Pedro Martins defendeu “o investimento na Linha do Douro, absolutamente estratégico para a região e que permitiria, em articulação com Espanha, nosso primeiro mercado emissor de turistas, uma ligação à região de Castela e Leão, nomeadamente a Salamanca, ligando vários patrimónios da Humanidade e retirando um maior proveito do potencial do Douro/Duero.” 

Felgueiras foi a cidade que acolheu a apresentação desta 12ª edição dos Fins de Semana Gastronómicos, numa cerimónia que contou com uma mostra de produtos regionais na área da gastronomia e do vinho.

Nuno Fonseca, presidente da Câmara Municipal de Felgueiras, enalteceu o projeto, agradeceu a escolha do município de Felgueiras para a realização da sessão de apresentação, onde estiveram largas dezenas de convidados e parceiros, realçando o valor do produto gastronomia e vinho para o turismo da região e do país.

Advertisements
%d bloggers like this: