Advertisements
Lançamentos projeto vinhos

Sogrape lança Série Ímpar com Sercialinho 2017

Série Ímpar é nome de marca, mas é acima de tudo nome do mais recente desafio lançado pela Sogrape à sua equipa de Enologia. Sem limites à imaginação, o novo projeto promove a criação de vinhos de inspiração – originais, especiais e únicos. A grande premissa? Para além da qualidade, só uma: diferenciação.

Fernando da Cunha Guedes e Equipa de Enologia Sogrape

Música para os ouvidos de qualquer enólogo, Fernando da Cunha Guedes, Presidente da Sogrape, desafiou a sua equipa técnica, ou neste caso, criativa, a pensar de forma livre, sem preconceitos, para desenvolver uma obra de inspiração sem qualquer precedente.

A única restrição é, para já, obedecer à origem Portugal. A partir daí, Série Ímpar pode ser branco, tinto ou rosé, pode ser tranquilo ou espumante, desde que todos os enólogos da casa, em forma de sessão plenária, concordem que lhe seja atribuído esse estatuto.

Num desafio sem regras, cada lançamento é uma surpresa!

Série Ímpar Sercialinho 2017

A partir do momento em que toda a equipa de enologia da Sogrape é incitada a sonhar e trazer novas ideias, cada um pode vestir qualquer papel e desempenhar a função que mais gosta no enredo. E assim, Série Ímpar poderá incluir vinhos de autor e cocriações, pode ser de qualquer região vitivinícola, pode ser varietal ou um lote sem igual.

Série Ímpar Sercialinho 2017 é o primeiro episódio desta série, cuja estreia nos leva para a Bairrada, para a Quinta de Pedralvites, e que apresenta António Braga no papel principal.

António Braga – Enólogo Série Ímpar Sercialinho

O enólogo, que hoje divide o seu tempo entre 4 regiões de norte a sul do país, foi o primeiro a reagir ao desafio. «A ideia de fazer algo diferente andava no ar e na vindima de 2017 tive a oportunidade de ver nascer um vinho da casta Sercialinho com um enorme potencial qualitativo».

António Braga – Enólogo Série Ímpar Sercialinho

Para o enólogo, estamos perante «um vinho clássico-moderno que, por um lado, reflete o terroir da Bairrada através da sua acidez vibrante, textura e perfil gastronómico, ao mesmo tempo que apresenta o seu caráter e personalidade de forma contemporânea, sem estar preso a tendências. Além disso, vinhos que nascem de uma folha em branco levam mais do enólogo e isso dá muito gozo», conclui António.

O caminho para a consolidação do sucesso faz-se de coragem para arriscar e inovar.

Fernando da Cunha Guedes e Equipa de Enologia Sogrape

Por isso, quando Fernando da Cunha Guedes reuniu a equipa de enólogos da Sogrape para lhes lançar este desafio, o seu objetivo estava muito claro:

«O tempo passa, mas a Sogrape está aqui para ficar. E se nesta história houve já vários realizadores, os enólogos são parte importantíssima de um grande elenco que promete levar a Sogrape mais longe. Dito isto, incitá-los a fazer vinhos sem igual, dando-lhes liberdade total para idealizarem e criarem à sua própria medida é o mesmo que pedir-lhes para acrescentarem ainda mais valor à nossa história». Desafio aceite!

Casta Sercialinho

Sercialinho é uma casta de uva branca, muito interessante na Bairrada pelo seu caráter aromático original e  perfil ácido vibrante. A Sogrape possui uma área de vinha de 2,5 hectares plantada com esta casta na Quinta de Pedralvites, região da Bairrada.

Série Ímpar Sercialinho 2017

Quantidade produzida: 2.030 garrafas

PVP recomendado*: 60,00€      

*indicativo e não vinculativo

Advertisements
%d bloggers like this: