enoturismo responsabilidade social vinho do porto

Caves Cockburn’s associam-se à CAIS

As Caves da Cockburn’s – as maiores caves de Vinho do Porto da zona histórica de Vila Nova de Gaia pertencentes à família Symington – já acolhem a obra “Naquela Maré”, do artista contemporâneo português André da Loba, considerado, em 2010, como um dos 200 melhores ilustradores de todo o mundo. A iniciativa decorre no âmbito da Exposição Cais Urbana, que visa assinalar os 25 anos da Cais, associação que tem como objetivo contribuir para o melhoramento global das condições de vida de pessoas sem casa e que se encontram social e economicamente em situações vulneráveis.

A mostra resulta de um desafio lançado pela Associação CAIS à Mistaker Maker, plataforma de intervenção artística, e integra 25 obras espalhadas por diversos espaços nas cidades de Lisboa, Porto, Almada e Coimbra. “Naquela Maré” é uma expressão que o meu pai usa muito para dizer “naquele tempo em que as coisas eram difíceis” e nesta peça vemos alguém a lutar contra essa maré (de coisas difíceis) à procura de outra maré que lhe seja mais favorável”, refere André da Loba no programa da exposição. A criação vai estar exposta na Cockburn’s até novembro, mês em que as diferentes obras que integram a exposição serão leiloadas.

“Esta parceria estabelecida pela Cockburn’s com a Associação Cais vem ao encontro da política de responsabilidade social da Symington. Temos desenvolvido um trabalho consistente de apoio a várias entidades da região do Douro que prestam um serviço único à comunidade e queremos alargar esse compromisso a causas nacionais como a que Cais defende e à qual somos particularmente sensíveis”, refere Rob Symington, responsável pela comunicação e pela área de sustentabilidade e responsabilidade social da Symington Family Estates.

Sobre André da Loba

André da Loba (1979) é um artista português com uma vasta obra publicada e exposta e cujo trabalho tem sido alvo de crescente reconhecimento internacional. Enquanto ilustrador, animador, designer gráfico, escultor e educador, a sua combinação de curiosidade, experiência, conhecimento e desconhecimento serve como suporte constante com o qual cria e se inspira. O seu trabalho é um convite e um desafio para mudar o mundo, seja ele grande ou pequeno. Após ter vivido em Brooklyn, Nova Iorque, mudou-se recentemente para o Porto.

%d bloggers like this: