Advertisements
Eventos música vinhos

Cartaz do WINE & MUSIC VALLEY com novidades

Há quatro novos nomes no cartaz musical do Wine & Music Valley. Seu JorgeXutos & PontapésWet Bed Gang e Carolina Deslandes sobem ao palco no dia 15 de setembro, prometendo grandes momentos musicais naquele que será o primeiro festival totalmente inspirado no vinho. 

Realizado nas margens do rio Douro (no Porto Comercial de Cambres, em frente ao Peso da Régua), o Wine & Music Valley assume-se como uma experiência de fusão musical, vínica e gastronómica capaz de contribuir para o desenvolvimento do enoturismo na Região Demarcada do Douro – a mais antiga região vinícola do mundo. Do alinhamento musical já fazem parte grandes nomes nacionais e internacionais como o lendário Bryan Ferry, ex-Roxy Music e autor de êxitos como “Slave to Love” (1985) ou “Let’s Stick Together” (1976), que atuará na primeira noite do festival (14 de setembro). Nesse mesmo dia, e pelo mesmo palco, passarão também Mariza, uma das maiores vozes do fado da atualidade, António Zambujo e Salvador Sobral, que dispensam apresentações. DJ Vibe e Rui Vargas serão os responsáveis por comandar a cabine do DJ durante a noite. 

Já no segundo e último dia de evento, a 15 de setembro, o brasileiro Seu Jorge promete um concerto único e intimista, de voz e violão. O cantor, compositor e multi-instrumentista é conhecido, também, pelo seu trabalho como ator, com participações em vários filmes como “Um Peixe Fora de Água”, de Wes Anderson, “Cidade de Deus”, de Fernando Meireles ou “Tropa de Elite II”, de José Padilha.

No dia 15 de setembro o palco principal do recinto recebe, também, a atuação dos míticos e eternos Xutos & Pontapés, além do hip hop dos Wet Bed Gang e da encantadora voz de Carolina Deslandes.

A organização do Wine & Music Valley anunciou, também, um segundo palco dedicado à música, por onde passarão novos talentos e artistas emergentes, nacionais e internacionais. É o caso da brasileira Tainá, que se encontra a lançar o seu primeiro trabalho em Portugal, e dos Serushio, projeto composto na sua essência por Sérgio Silva e José Vieira que traz ao festival a sua sonoridade blues.

Os bilhetes já podem ser adquiridos online através do site oficial do evento, em www.wineandmusicvalley.com (sem taxas de venda ao cliente), ou das plataformas Blueticket, Festicket e Seetickets, estando também disponíveis nas lojas Worten, FNAC, ACP, Phone House e, ainda, El Corte Inglès e Turismo de Lisboa. Além dos bilhetes diários (25€) existe, também, a possibilidade de adquirir passe geral, com acesso aos dois dias de evento (40€). Para quem prefere uma experiência VIP, com acesso a zonas exclusivas dentro do recinto e a possibilidade de participar em experiências premium, o bilhete pode custar 60€ (diário VIP) ou 100€ (passe VIP).

Wine, Food & Music Festival

No interior do recinto do Wine & Music Valley o clima será de diversão, celebrando a música, a gastronomia e o vinho através das mais variadas atividades e de uma programação complementar. Pelos três palcos do recinto passará muita música, sendo um destes totalmente dedicado à gastronomia. 

No Chef’s Stage, o público poderá assistir a momentos gastronómicos na presença de conceituados chefs, entre live cooking showse degustações. Os nomes e respetiva programação serão anunciados em breve. Ainda na área da gastronomia, o evento contará com uma oferta de restauração premium, reunindo num espaço climatizado e com lugares sentados as mais variadas propostas.  

Haverá, ainda, uma área de hospitality com camarotes a pensar em grupos, com serviço exclusivo e personalizado, e um espaço dedicado a experiências vínicas e sensoriais, desde provas de vinhos a tratamentos de vinoterapia, ou à possibilidade de pisar uvas. E para elevar a experiência de entretenimento dentro do recinto, não faltará uma roda gigante com vista panorâmica e privilegiada sobre o Douro.

O Wine & Music Valley conta com o apoio à produção da Better World, empresa responsável pelo Rock in Rio. 

Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: