Advertisements
design imagem rótulos vinho do porto

Cálem apresenta nova imagem para os vinhos do Porto

Numa altura em que comemora os 160 anos da sua fundação, em 1859, a Porto Cálem está a renovar a sua imagem, com o objetivo de transformar a marca numa referência para todo o tipo de consumidores: desde aqueles que procuram um primeiro contacto com o Vinho do Porto, até aos apreciadores que pretendem vinhos de elevada qualidade e distinção.

A figura de António Alves Cálem, fundador da empresa, serviu de base de inspiração para a renovação da imagem desta casa centenária, numa simbiose entre passado e presente. A par da icónica caravela, elemento que retrata a essência da marca, a persona do fundador passa a assumir um lugar de protagonismo em toda a comunicação da Cálem. A mudança traduz-se ainda na modernização do logotipo e na introdução de uma paleta cromática variada na rotulagem e packaging dos vinhos, que permite distinguir as diferentes gamas que compõem o portefólio e transmitir a universalidade da marca. A gama standard da Cálem, para muitos a forma de iniciação no Vinho do Porto, passa a ser representada por cores vibrantes e apelativas, em contraste com um fundo branco, que permitem identificar facilmente os diferentes tipos de vinho: desde o Porto Branco (White & Dry, White e Lágrima), passando pelo Ruby e pelo Tawny, sem esquecer o Rosé. À medida que se avança para categorias mais exclusivas, estas assumem um ambiente mais sóbrio e tradicional, próprio de uma marca que carrega anos de história e uma herança que se distingue na arte de produzir este vinho emblemático.

A nova comunicação da Cálem vem também acompanhada de uma nova assinatura: “Um Mundo de Vinho. Um Vinho para o Mundo”. Com esta declaração, a marca procura consolidar o seu posicionamento em torno não apenas da diversidade do seu portefólio, que permite dar resposta a todas as ocasiões de consumo, mas também da sua notoriedade internacional.
De relembrar que o património da Cálem inclui, entre outros aspetos, as Caves de Vinho do Porto mais visitadas do mundo, por onde todos os anos passam cerca de 290 mil visitantes.

Este desejo de alargar o leque de consumidores e apreciadores da marca e de estimular o primeiro contacto com o Vinho do Porto tem vindo igualmente a ser acompanhado por um maior investimento na área do enoturismo, onde a Cálem coloca o foco na oferta de experiências associadas à descoberta deste produto. Para além das visitas às caves, é possível descobrir mais sobre a marca e os seus vinhos no museu interativo, nas sessões de cinema 5D ou nas provas de vinhos, simples ou harmonizadas com outros sabores, apenas para nomear alguns exemplos.
O caráter inovador e pioneiro, herança de António Alves Cálem, cuja visão catapultou a exportação dos Vinhos do Porto Cálem, em frota própria, para os mercados longínquos do outro lado do Atlântico, está ainda hoje presente no ADN da marca Cálem, que se assume como a embaixadora do Vinho do Porto no mundo.A nova imagem da Cálem está progressivamente a entrar no mercado, num processo que se espera estar concluído até ao final deste ano. A par da icónica caravela, elemento que retrata a essência da marca, a persona do fundador passa a assumir um lugar de protagonismo em toda a comunicação da Cálem. A mudança traduz-se ainda na modernização do logotipo e na introdução de uma paleta cromática variada na rotulagem e packaging dos vinhos, que permite distinguir as diferentes gamas que compõem o portefólio e transmitir a universalidade da marca. A gama standard da Cálem, para muitos a forma de iniciação no Vinho do Porto, passa a ser representada por cores vibrantes e apelativas, em contraste com um fundo branco, que permitem identificar facilmente os diferentes tipos de vinho: desde o Porto Branco (White & Dry, White e Lágrima), passando pelo Ruby e pelo Tawny, sem esquecer o Rosé. À medida que se avança para categorias mais exclusivas, estas assumem um ambiente mais sóbrio e tradicional, próprio de uma marca que carrega anos de história e uma herança que se distingue na arte de produzir este vinho emblemático.

A nova comunicação da Cálem vem também acompanhada de uma nova assinatura: “Um Mundo de Vinho. Um Vinho para o Mundo”. Com esta declaração, a marca procura consolidar o seu posicionamento em torno não apenas da diversidade do seu portefólio, que permite dar resposta a todas as ocasiões de consumo, mas também da sua notoriedade internacional.
De relembrar que o património da Cálem inclui, entre outros aspetos, as Caves de Vinho do Porto mais visitadas do mundo, por onde todos os anos passam cerca de 290 mil visitantes.

Este desejo de alargar o leque de consumidores e apreciadores da marca e de estimular o primeiro contacto com o Vinho do Porto tem vindo igualmente a ser acompanhado por um maior investimento na área do enoturismo, onde a Cálem coloca o foco na oferta de experiências associadas à descoberta deste produto. Para além das visitas às caves, é possível descobrir mais sobre a marca e os seus vinhos no museu interativo, nas sessões de cinema 5D ou nas provas de vinhos, simples ou harmonizadas com outros sabores, apenas para nomear alguns exemplos.
O caráter inovador e pioneiro, herança de António Alves Cálem, cuja visão catapultou a exportação dos Vinhos do Porto Cálem, em frota própria, para os mercados longínquos do outro lado do Atlântico, está ainda hoje presente no ADN da marca Cálem, que se assume como a embaixadora do Vinho do Porto no mundo.A nova imagem da Cálem está progressivamente a entrar no mercado, num processo que se espera estar concluído até ao final deste ano.

Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: