Advertisements
Gastronomia novidade restaurante

Fogão Gaúcho abre terceiro restaurante em Alverca

Depois de meter a carne toda no assador no Carregado e em Carnaxide, o Fogão Gaúcho tem uma nova morada em Alverca. Este é o terceiro espaço da marca, que continua a apostar em localizações periféricas e a escapar ao frenesim das grandes cidades. O objectivo? Levar o conceito de churrascaria gaúcha a zonas menos exploradas e com uma menor oferta gastronómica, ao mesmo tempo que se contraria a imagem pejorativa que durante muitos anos foi associada ao rodízio brasileiro.

Com 520 m², o Fogão Gaúcho de Alverca é o maior até à data, contando com 180 lugares sentados. Uma dimensão que em nada compromete a qualidade do serviço e o ambiente acolhedor do espaço – à semelhança do que acontece nos outros dois restaurantes da marca, a decoração é inspirada nas tradicionais habitações gaúchas e coloca a madeira de pinho em grande destaque. O espaço amplo também dá palco a algumas “extravagâncias”, como é o caso do grelhador Ofyr (o primeiro em Portugal), que permite grelhar as carnes a lenha.

EXCELÊNCIA GAÚCHA

O Fogão Gaúcho é um projecto de Saulo Cardoso, brasileiro que durante anos assumiu as funções de chef executivo do grupo Doca de Santo, e do português Artur Silva. “Em 2017, resolvemos abrir um restaurante de rodízio no Carregado que servisse como laboratório para um conceito diferente daquilo que havia em Lisboa ou até mesmo em Portugal”, revela. Actualmente, o Fogão Gaúcho conta já com três moradas, destacando-se dos seus concorrentes directos pela aposta em produtos de qualidade, pela confecção de raíz de todos os pratos do buffet e da carta e pelo atendimento personalizado ao cliente.

Picanha. Cupim. Costela. Maminha. Estes são apenas alguns dos protagonistas do rodízio do Fogão Gaúcho, que está disponível em três modalidades: o tradicional (12 momentos), que conta com as peças mais premium, o mini rodízio (6 momentos) e o rodízio de picanha.No Fogão Gaúcho, também se serve carne em quantidade, mas a aposta é sobretudo em produtos de excelência: todas as peças são cuidadosamente seleccionadas e provêm da América do Sul, de países europeus como Bélgica e Holanda, e dos Açores (com Indicação Geográfica Protegida).

De acordo com o que acontece nos dois outros restaurantes da marca, o buffet do Fogão Gaúcho de Alverca está disponível todos os dias da semana ao almoço e ao jantar. Entre as dezenas de opções, há entradas como pão de queijo, coxinhas de galinha e croquetes de costela, feitos a partir das partes da costela não utilizadas noutras confecções, mas também acompanhamentos, como banana milanesa, mandioca frita e farofa, vários tipos de saladas, pratos quentes, queijos, fruta e sobremesas. O lema é apenas um: qualidade acima de tudo.

Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: