Advertisements
Lançamentos novidade tradição

Poças lança vinhos Fora da Série

Orange e ânfora são os vinhos que inauguram o conceito Poças Fora da Série. A empresa centenária de vinhos do Porto e DOC Douro mantém a atitude criativa e reutiliza artefactos e técnicas do passado para fazer vinhos do futuro, menos intervencionados e mais ecológicos. Entre as novidades, destaque ainda para o Vintage 2017, que reflete o ano vitícola com condições perfeitas para a criação de um clássico que perdurará no tempo.

O artefacto despertou a curiosidade dos funcionários da Poças. Nunca tinham visto nada assim. As ânforas de argila porosa onde fermentou e estagiou um dos novos vinhos Fora da Série da centenária empresa de vinhos do Porto e DOC Douro serão as primeiras do Douro e não são revestidas a pez. Que não haja confusão, portanto, com os vinhos de talha alentejanos, tão em voga nos dias de hoje, de perfil oxidativo, explica a equipa de enologia da Poças, liderada por Jorge Pintão: “O que procuramos com o Poças Fora da Série Ânfora 2018 foi adaptar o conhecido mecanismo do botijo, onde existe uma concentração por micro evaporação, e que faz com que as ânforas se mantenham frescas durante todas as fases de elaboração dos vinhos”.

Este efeito simples, que permite manter a água sempre fresca, contribui, no caso do vinho, para o perfil fresco, mineral e de boa concentração do mesmo.

A utilização da ânfora reflete igualmente a intenção artesanal do projeto, a par da procura de técnicas enológicas menos interventivas. Uma atitude que se mantém para o segundo novo vinho Fora da Série da Poças, o Orange 2018, feito a partir de uvas brancas, com maceração pelicular.  

“Também no Orange Fora da Série utilizamos uma mistura de técnicas antigas e modernas, com recurso a leveduras nativas e a clarificação muito simples, com produtos naturais. É um vinho para um mercado internacional que cruza o conceito natural dos vinhos orange com a tradicional curtimenta”, contextualiza André Barbosa da equipa de enologia da Poças.

A preocupação com a menor intervenção é, aliás, uma constante na Poças, acrescenta Pedro Pintão, diretor de marketing e comunicação da empresa: “As nossas quintas no Douro, com exceção da Quinta das Quartas, estão em produção integrada desde 2003. Por outro lado, temos um cuidado constante em reduzir a intervenção na adega”.

Atitude criativa

Os dois vinhos Fora da Série refletem ainda a atitude experimental, criativa e de aprendizagem que a Poças vem desenvolvendo nos últimos anos, embora os resultados fossem apenas partilhados entre a família e em eventos privados, acrescenta Pedro Pintão: “Temos procurado novos caminhos, alguns deles revisitando projetos que já tivemos no passado, como é o caso do Quinado, lançado em 2017, e do Vermute, a lançar brevemente” – as novidades 2019 vão incluir ainda o lançamento de um vinho do Porto, com um perfil especial, e um 100% Touriga Nacional.

O carácter experimental e artesanal dos dois vinhos Fora da Série – o Orange 2018 tem uma produção de 600 litros e o Ânfora 2018 de 500 litros – não recusa, no entanto, a perspetiva comercial e de procura de resposta às tendências do mercado, igualmente presentes nos novos projetos.

Dando continuidade às parcerias culturais que se iniciaram em 2018, no âmbito dos 100 anos da empresa, o projeto Fora da Série integra também um conjunto de parcerias entre a Poças e agentes das diversas áreas artísticas, incluindo a presença e/ou apoio da marca em eventos de dança, teatro, literatura, ilustração, cinema e festivais de música.

Clássico Vintage

O carácter inovador da Poças faz-se igualmente a partir da tradição, que se expressa de forma exemplar nos clássicos vinhos do Porto da empresa, património impar que as sucessivas gerações têm valorizado. Os Porto Vintage são disso exemplo, lembra Pedro Pintão: “Estamos cada vez mais confiantes neste segmento, que é muito exigente, e tem vindo a obter um forte reconhecimento. De forma unânime, a crítica nacional e internacional tem vindo a destacar a consistência dos Porto Vintage da Poças”.

Produzidos na empresa desde o inicio da década de 1960, o Porto Vintage 2009 foi um dos vinhos presentes no cobiçado Top 100 da Wine Spectator e o Vintage 2016 fez parte do TOP 100 da Wine Enthusiast.

Na linha da posição assumida pela maioria das grandes casas produtoras de vinho do Porto, a Poças considera que 2017 foi um ano com características perfeitas para a produção desta categoria superior, tendo decidido fazer declaração Vintage consecutiva (2015, 2016, 2017).

Vinhos em prova

Poças Fora da Série Orange 2018

Vinho de cor âmbar, característico das macerações peliculares, produzido a partir da casta Arinto. Foi utilizado o cacho inteiro, com o engaço, sendo as uvas pisadas a pé, dentro de barricas de carvalho francês antigas de 300 litros, colocadas em arca frigorífica a uma temperatura de 14/15 graus. A fermentação nas barricas, realizou-se sem o tampo, o que permitiu trabalhar as massas que ali permaneceram durante um mês. Após a fermentação, o mosto e as massas foram prensadas numa antiga prensa vertical Titan e o mosto regressou às barricas onde tinha ocorrido a fermentação, agora seladas. Seguiu-se o período de estágio de oito meses sobre as borras com batonnage e a temperatura controlada. Foi apenas adicionada Bentonite, dentro da própria barrica, para clarificar o vinho e seguiu para engarrafamento.

Poças Fora da Série Orange 2018 apresenta um perfil aromático de intensidade média, notas de acácia, casca de laranja, pêssego e sultana. Na boca é envolvente e refrescante, apresentando uma fruta atraente. Final longo e harmonioso. 12.3 % de álcool. 800 garrafas.

PVP: 22,5 euros

Poças Fora da Série Ânfora 2018

 Produzido a partir das castas Códega e Arinto, prensadas suavemente, com os cachos inteiros, em prensa vertical Titan. O mosto resultante fermentou e estagiou nas ânforas de mecanismo botijo, sem revestimento.

Vinho muito fresco e mineral, com notas cítricas e madressilva. Na boca apresenta um volume muito agradável, sobressaindo novamente a frescura e mineralidade. 13.3 % de álcool. 600 garrafas. PVP:35 euros

Vale de Cavalos branco 2018 – Vinho fresco e floral, com notas de citrinos e madeira bem integrada e com um final longo e elegante. Produzido a partir de castas Códega, Rabigato, Gouveio e Viosinho, colhidas nas zonas mais elevadas do Douro Superior para lhe assegurar frescura. O estágio em barricas de carvalho francês confere-lhe complexidade e estrutura. 13,5% álcool. 20 mil garrafas. PVP 8 euros

Vale de Cavalos tinto 2017 – Vinho com boa intensidade aromática e volume de boca, sobressaindo a fruta, frescura e elegância. Produzido com uvas provenientes da Quinta de Vale de Cavalos, na sub-região do Douro Superior, com predominância de Touriga Nacional. 13,5% álcool. 80 mil garrafas. PVP: 8 euros

Poças Vintage 2017 

O ano 2017 foi marcado no seu final por condições climatéricas de calor severo, que propiciaram a sobre-maturação das uvas, necessária ao nascimento de um Vintage de excelência. Este vinho revela uma cor escura opaca e elevada concentração nos aromas frutados e compotados. Boa estrutura, intenso, sedoso e equilibrado, com um final longo e fresco. Vinho de guarda que proporcionará agradáveis momentos de consumo. 19,5% álcool. 25 mil garrafas. PVP: 65 euros

Poças Colheita 2009

Porto Tawny colheita de um único ano, um clássico da Poças. Este, de 2009, apresenta-se fresco, bem integrado e elegante, com notas de caramelo e cacau num final longo e sedoso. 20% álcool. 55 mil garrafas (volume total) PVP 25 euros

Poças Vermute

O Poças Vermute, uma referência histórica da empresa, produzida nos anos 30 e 40, recupera e utiliza registos e essências antigas da Poças e integra infusões, feitas com botânicos colhidos nas quintas da empresa, no Douro, numa abordagem mais contemporânea. Este vermute contou com o apoio fundamental de Ryan Opaz, americano radicado no Porto, rosto do projeto Catavino e grande conhecedor e apreciador de vermute. O novo vermute da Poças será lançado oficialmente no dia 14 de junho no Porto, e dia 28 de junho em Lisboa. 18,5% álcool. 5000 garrafas.  PVP 18 euros

Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: