azeite concurso design

Azeite da Quinta dos Lagares conquista ouro em concurso internacional

O azeite duriense Zabodez, produzido pela Quinta dos Lagares, volta a conquistar importante medalha de ouro no New York International Olive Oil Competition, o mais prestigiado concurso mundial de azeites da atualidade.

Entre os melhores do azeite mundial, o Zabodez é proveniente dos olivais da Quinta dos Lagares, alguns centenários, atualmente mantidos em cultura biológica devidamente certificada. São olivais da tradição duriense, nos quais estão misturadas e distribuídas aleatoriamente variedades típicas da região, Madural, Cobrançosa, Verdeal,  Cordovil, Bical, e Galega, exceto no olival mais recente, , estreme de Cobrançosa, em início de produção.

Azeite de lote, criado pelos consultores Nuno Rodrigues e José Alberto Pereira, da Escola Superior Agrária de Bragança, o Zabodez é produzido no moderno lagar da Agrifiba e é obtido pela utilização de processos exclusivamente mecânicos e a frio, sendo classificado como virgem extra. Apresenta uma acidez muito baixa (< 0,2), um frutado verde médio e aroma com notas frescas a couve, erva, rama de tomate, maçã verde, tomate verde, casca de banana e frutos secos. Na boca, revela um amargo ligeiro e um picante forte e persistente.  

.A comercialização é feita diretamente pelo produtor (geral@quintadoslagares.pt), estando também à venda em algumas lojas gourmet como a loja LOA em Lisboa ou o Restaurante Famiglia, no Porto (Leça do Balio).  

O conceituado concurso mundial de azeite acontece em Nova Iorque desde há seis anos e envolveu, este ano, cerca de mil azeites de 27 países. Os prémios são anunciados durante uma gala em Nova Iorque que conta com a presença de produtores, distribuidores e medias internacionais, numa ação que notabiliza este produto de excelência do mediterrâneo.  

PVP: 14 €/garrafa

Quinta clássica do Douro

A Quinta dos Lagares é uma quinta clássica do Douro, com marco pombalino das demarcações de 1756. Localizada na margem esquerda do rio Pinhão, na freguesia de Vale de Mendiz, a propriedade tem uma área total de 70 hectares, dos quais 26 são de vinha, 12 de olival e o restante de mata onde predominam as espécies mediterrânicas, nomeadamente sobreiros, carrascos e medronheiros.

Com adega própria, a quinta possui um portefólio de vinhos DOC DOURO com marca própria desde 2011, tintos de várias gamas, branco de uvas colhidas nas vinhas da quinta a cota superior, um rosé muito particular da casta Mourisco e um vinho do Porto Vintage 2016, recentemente lançado.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s