declaração vinho do porto vintage

Casas históricas de Vinho do Porto declaram o Vintage 2017

As quatro casas históricas de Vinho do Porto do grupo The Fladgate Partnership – Taylor’sFonsecaCroft e Krohn – anunciam a sua decisão de declarar o Vintage 2017. Para além destes quatro Vintage clássicos, haverá ainda dois engarrafamentos de vinhas velhas.

Taylor’s irá engarrafar o Vargellas Vinha Velha 2017, o muito raro Vintage produzido a partir das vinhas mais antigas da Quinta de Vargellas. Este será apenas o oitavo lançamento do Vargellas Vinha Velha. Há outra excelente notícia para os entusiastas de vinhos raros. Pela primeira vez, a Croft vai lançar um Vintage proveniente das vinhas velhas da magnífica Quinta da Roêda. Baptizado como Sērikos, palavra grega que significa seda, o vinho presta memória ao período pós-filoxera da Quinta da Roêda, altura em que a devastação da vinha levou à plantação de amoreiras para produção de seda. Este extraordinário Vintage exprime a essência das históricas parcelas de vinha velha da Roêda. Em ambos os casos, as quantidades serão muito reduzidas, sendo a sua comercialização sujeita a alocação.

Adrian Bridge, Director-Geral do grupo The Fladgate Partnership, comenta: “Após o longo intervalo que seguiu a declaração do Vintage 2011, é com grande satisfação que vemos os muito aclamados Vintage 2016 serem sucedidos pelos excepcionais vinhos de 2017. Todas as nossas casas e as suas quintas produziram vinhos extraordinários que impressionam pela sua densidade, profundidade e potencial aromático.” E acrescentou: “O ano de 2017 foi um ano absolutamente excepcional para as vinhas velhas. Para além do Vargellas Vinha Velha, é com grande entusiasmo que anunciamos o lançamento do Sērikos, um Vintage que nasce das videiras mais antigas da Quinta da Roêda da Croft.”

O Enólogo e Director Técnico do grupo, David Guimaraens, comentando o ano vitícola, disse: “O ano de 2017 será recordado pelas condições muito secas durante todo o ciclo de crescimento e maturação e pela vindima muito precoce. O calor durante o mês de Agosto não foi excessivo e, embora a seca e os baixos rendimentos tenham resultado em mostos muito densos, os vinhos apresentavam um equilíbrio notável. Há uma geração que a vindima não começava tão cedo. A última vez que esteve tão adiantada foi no lendário Vintage de 1945.” Relativamente aos vinhos, comentou: “As uvas perfeitamente maduras, com as suas películas muito espessas, produziram vinhos densos, muito bem estruturados e profundos, exibindo grandes reservas de aroma. Alguns vinhos apresentam uma agradável dimensão mineral que confere um toque de elegância e sobriedade ao frutado muito intenso e poderoso.”

Os Vintage 2017 das quatro casas, bem como os dois Vintage de vinhas velhas, vão estar disponíveis nos principais mercados no Outono.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s