douro educação responsabilidade social

Symington continua a reforçar o apoio à comunidade duriense

A Symington Family Estates – produtora de vinhos na Região Demarcada do Douro desde o século XIX – tem, nos últimos anos, desenvolvido um projeto de responsabilidade social e apoio à educação de forma a assegurar o futuro da região. Esta aposta contínua tem-se traduzido em ações reais, sendo que, nos últimos dias, se materializaram na doação de uma ambulância aos Bombeiros Voluntários da corporação de Sanfins do Douro e na entrega das primeiras bolsas de estudos a dois estudantes da Universidade de Trás-os-Montes (UTAD), em Vila Real.

Há 11 anos a apoiar os serviços de emergência

2019 marca o décimo primeiro ano em que a Symington Family Estates apoia os Bombeiros Voluntários que, além de fornecerem um apoio vital à comunidade local no caso de emergências médicas, também combatem os incêndios florestais que ocorrem regularmente no Douro durante os meses secos do verão. Até ao momento já foram contempladas, com a oferta de uma ambulância, corporações das seguintes regiões: Pinhão, São João da Pesqueira, Provesende, Carrazeda de Ansiães, Lamego, Régua, Vila Nova de Foz Côa, Tabuaço, Vila Flor, Sabrosa e, em 2019, Sanfins do Douro.

Também no que toca à área da saúde – e porque existem pessoas que vivem em zonas mais isoladas e que estão condicionadas no que toca ao acesso a infraestruturas e serviços de saúde –, a Symington Family Estates tem vindo ainda a contribuir, ao longo dos anos, com ações complementares que beneficiam o bem-estar da população. Exemplos disso mesmo, são a aquisição de equipamento médico de suporte de vida para o hospital de Alijó e de equipamento médico específico de cardiologia para a Cruz Vermelha de Sabrosa.

O futuro do Douro nas mãos de jovens agrónomos e engenheiros

Em outubro de 2018, a Symington anunciou a atribuição de duas bolsas de estudos em cada ano letivo no seguimento de um protocolo com a UTAD. Estas seriam destinadas a estudantes dos cursos de Engenharia Agronómica e Enologia, preferencialmente naturais da Região Demarcada do Douro, e cobririam o pagamento integral das propinas dos três anos da licenciatura. Uma das bolsas está reservada ao aluno com melhor média e a outra tem como objetivo apoiar o jovem que, de outra forma, não conseguiria prosseguir os estudos.

No Dia da UTAD, dois estudantes da instituição receberam das mãos de Paul Symington – que, até dezembro de 2018, assumiu a presidência da empresa – as duas primeiras bolsas atribuídas pela família. De referir que a Symington Family Estates conta com vários colaboradores licenciados nestes mesmos cursos da UTAD, muitos dos quais ocupam cargos sénior na empresa. Para além do seu compromisso social e cultural com a região, a companhia também tem contribuído positivamente para a conservação da vida selvagem e para a sustentabilidade ambiental, associando a inovação tecnológica à preservação e proteção de castas autóctones e na salvaguarda da paisagem única da região.

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.