Advertisements
agricultura distinção prémio

Corticeira Amorim distinguida com Prémio Nacional de Agricultura 2018

Prémio Nacional da Agricultura 2018 - Cerimónia de Entrega de Prémios no Hotel Ritz.

António Rios de Amorim recebeu o Prémio Nacional de Agricultura 2018, na categoria Grandes Empresas, entregue pelo Secretário de Estado da Agricultura e Alimentação, Luís Medeiros Vieira, à Corticeira Amorim, no Salão Nobre do Hotel Ritz, em Lisboa. A cerimónia foi organizada pelo BPI e o Grupo COFINA (Correio da Manhã e Jornal de Negócios), promotores do Prémio, que conta com o patrocínio daquele Ministério e o apoio da PwC.

O Prémio Nacional de Agricultura tem como objetivos promover, incentivar e premiar os casos de sucesso da agricultura nacional, nomeadamente dos setores Agricultura e Agroindústria, Florestas e Pecuária. A 7ª edição deste galardão acolheu 1.179 candidaturas.

A categoria Grandes Empresas foi atribuída pelo júri composto por doze personalidades do setor da agricultura, banca e inovação, nomeadamente Pedro Barreto, Administrador do BPI, Jorge Portugal, Diretor-Geral da COTEC, Eduardo de Oliveira e Sousa, Presidente da CAP, e António Serrano, Professor Catedrático da Universidade de Évora e Ex-Ministro da Agricultura. Esta categoria distingue a empresa que se tenha destacado em vertentes relevantes como o crescimento sustentado, visão, inovação, criação de emprego, responsabilidade social, exportação e reforço da notoriedade de Portugal.

É um enorme orgulho receber o Prémio Nacional de Agricultura 2018, em nome da Corticeira Amorim. Temos um produto verdadeiramente único e acreditamos que o desenvolvimento deste setor é determinante enquanto motor de crescimento da economia portuguesa.” afirma António Rios de Amorim, CEO da Corticeira Amorim.

A Corticeira Amorim reconhece que este prémio valoriza a aposta no aumento da competitividade, inovação e internacionalização dos produtos nacionais, destacando de forma singular a cortiça e, consequentemente, a conservação do montado de sobro.

A empresa procura ser um exemplo em termos de competitividade responsável, integrando o compromisso da sustentabilidade como pilar estratégico da sua atuação.

Este compromisso ficou marcado em 2018 com a entrada da Corticeira Amorim na área da gestão florestal, através da aquisição da Herdade da Baliza, assumindo uma forte aposta no futuro da cortiça.

Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: