Investigação & Desenvolvimento Sogrape distinguida nos Prémios CNOIV 2018

sogrape douro superior

A aposta da Sogrape em Investigação & Desenvolvimento foi reconhecida no âmbito dos Prémios CNOIV, que distinguem os melhores trabalhos nacionais de divulgação, experimentação ou investigação nos domínios da viticultura, enologia, economia e direito e nutrição e saúde.

O prémio na categoria “Economia e Direito” foi atribuído à Sogrape pelo trabalho “Using sustainable development actions to promote the relevance of mountain wines in export markets”, o qual se focou na análise do ciclo de vida de um vinho tinto de «terroir» produzido no Douro Superior, permitindo testar várias metodologias para calcular indicadores de impacto ambiental como a pegada de carbono, a pegada hídrica, a eficiência energética, a intensidade de uso de materiais e a geração de resíduos. Ao nível dos pilares socioeconómicos da sustentabilidade, testaram-se também indicadores como a taxa de rotação de colaboradores, o investimento na formação em higiene e segurança e o EBITDA. O trabalho agora premiado contribuiu ainda para o relatório de sustentabilidade publicado em 2018 pela Sogrape, servindo-lhe de apoio à escolha de indicadores, métodos de cálculo e de valores de referência.

sogrape prémios cnoiv 2018

Cobertura de edifício com integração paisagística e sistema de ventilação passiva para maior eficiência energética (regulação de temperatura e humidade) e segurança dos trabalhadores (evacuação de gases da fermentação)

Este trabalho resultou de uma colaboração com a Universidade do Porto (UP), uma vez que o projeto ASPPV – Avaliação da Sustentabilidade de Produtos e Processos Vitivinícolas, que esteve na sua origem, tinha sido desenvolvido no âmbito de quatro dissertações de alunos do Mestrado Integrado em Engenharia Química orientados pelos Professores Teresa Mata e António Martins da Faculdade de Engenharia daquela Universidade, realizadas entre 2015 e 2017. Esta é uma parceria que a Sogrape mantém há já 8 anos com a UP, ao abrigo do programa Investigação Jovem na Universidade do Porto (IJUP).

De outras colaborações de sucesso resultou também a atribuição do Prémio Distinção CNOIV na categoria “Enologia” ao trabalho “Winegrid® – the remote and real-time wine production process monitoring system”, de um coletivo de nove autores que colaboraram numa parceria entre a Sogrape e a Watgrid, e do Prémio “Inovação CNOIV”, atribuído ao trabalho “High Resolution Melting (HRM) applied to wine authenticity”, de um coletivo de 7 autores da UTAD, UL (FC), INIAV, INESC/TEC e Sogrape.

Nas palavras de António Graça, Diretor de I&D da Sogrape, “estes prémios são particularmente gratificantes para a Sogrape, pois não só premeiam uma aposta em I&D que nos tem colocado na vanguarda do setor a nível nacional e europeu, mas também a estreita colaboração que temos fomentado com o meio académico português. Também no projeto europeu MED-GOLD, do qual a Sogrape é parceira, estamos a partilhar conhecimento e trabalho de investigação com outras universidades portuguesas. Para a Sogrape, ser líder traz uma responsabilidade acrescida para com os restantes stakeholders do setor e, principalmente, os consumidores dos nossos vinhos”, explica o responsável.

Todos os trabalhos distinguidos no âmbito dos Prémios CNOIV 2018 foram avaliados por um júri constituído pelos membros do Conselho Técnico e Científico (CTC) da CNOIV e por um painel de especialistas/personalidades científicas de reconhecido mérito no setor vitivinícola nacional.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s