Sandeman premiada nos ‘Best of Wine Tourism’ 2019

caves sandeman best wine tourism 2019 a

As Caves Sandeman foram consideradas o melhor projeto na categoria de Arte e Cultura, depois de em 2018 aceitarem o desafio de redimensionar o seu produto turístico, proporcionando uma experiência Sandeman única. O The House of Sandeman Hostel & Suites, sai triunfante desta competição ao ser reconhecido com o prémio de melhor projeto na categoria de Alojamento, uma das 6 categorias atribuídas por um júri nacional, e também com o prémio de Global Winner, este atribuído pelo júri internacional de entre todos os vencedores de cada região.

the house of sandeman

Segundo João Gomes da Silva, Administrador da Sogrape Vinhos, “estas distinções premeiam a estratégia para o enoturismo seguida pela marca em 2018. A remodelação das Caves Sandeman e a abertura do primeiro ‘branded hostel’ no edifício das Caves servem o propósito maior de criar um verdadeiro roteiro de experiências Sandeman sofisticadas, descontraídas e únicas. Além de vir reconhecer esse esforço, estes prémios ‘Best of Wine Tourism 2019’ vêm reforçar o posicionamento de Sandeman enquanto líder mundial na categoria de Vinho do Porto”, conclui o responsável pela marca com mais de 225 anos de história.

caves sandeman best wine tourism 2019

Recorde-se que o The House of Sandeman Hostel & Suites nasceu de uma parceira entre o The Independente Collective e a Sogrape, tendo sido inaugurado em maio de 2018 no edifício das Caves Sandeman. “Esta distinção é um reconhecimento deste projeto pelo mercado do enoturismo, e também um reconhecimento do trabalho que temos vindo a desenvolver ao longo deste ano, e como tal, é muito recompensador para nós”, afirma Bernardo D’Eça Leal, sócio-fundador do grupo de hospitalidade criativa The Independente Collective e administrador do The House of Sandeman Hostel & Suites.  

Os prémios internacionais ‘Best of Wine Tourism’ destacam todos os anos o que de melhor se tem feito na área do enoturismo. O galardão é atribuído desde 2003 pela rede Great Wine Capitals, entidade que reúne dez cidades cujas regiões vitivinícolas do Velho e Novo Mundo são reconhecidas internacionalmente, a saber: Adelaide|South Australia, Bilbao|Rioja (Espanha), Bordéus (França), Lausanne (Suíça), Mainz|Rheinhessen (Alemanha), Mendoza (Argentina), Porto (Portugal), São Francisco|Napa Valley (EUA), Valparaíso|Casablanca Valley (Chile) e Verona (Itália).

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s