Advertisements
Gastronomia restaurante

Restaurante Ibo surpreende com sabores de Moçambique

O restaurante IBO tem nova carta de outono, e lá destacam-se os aromas e sabores de influência moçambicana. Este espaço, que é já uma referência no panorama gastronómico de Lisboa, nasceu em 2008 como o primeiro restaurante de comida portuguesa com influências moçambicanas. Pela proximidade emocional do chef, João Pedro Pedrosa, àquele território, este foi batizado com o nome da ilha moçambicana. 
Numa localização privilegiada, no Cais do Sodré, com vista para o rio Tejo e para a outra margem, João Pedro Pedrosa, responsável pela cozinha, é a quarta geração de uma família portuguesa com fortes ligações a Moçambique. Foi ao longo dos já 10 anos de existência do IBO que João Pedro desenvolveu um estilo muito próprio, um equilíbrio entre sabores dos dois países. 
A conquista e fidelização de clientes, desde o primeiro momento, passaram por pratos que se tornaram clássicos da casa, como o caril de caranguejo ou o chacuti de cabrito, que mantêm lugar cativo na nova carta agora revelada. 
“Temos clientes que não nos deixam tirar certos pratos, que já se tornaram tal forma a ‘cara’ do Ibo, que se tornaram parte da família. Mesmo assim, há sempre espaço para novas criações e novos sabores, que resultam sempre em novas experiências para os clientes habituais, e boas sugestões para quem nos visita pela primeira vez.” – afirmou o chef e proprietário do restaurante, João Pedo Pedrosa.
 
Nas entradas, há novidades quentes e frias (e boas!). São elas as Vieiras em “beurreblanc” de lima e tártaro de maçã e o Ceviche de peixe branco em lima, limão e coentros. Do mar, chega mais um sabor de Moçambique, o Lombo de garoupa em molho de curcuma e coentros com arroz basmati ou o Arroz de garoupa com amêijoas e coentros. 
Mais assentes na terra, as novidades dos pratos de carne do Ibo são o Rib-eye maturado com legumes assados e puré de batata trufado e a Costeleta Tomahawk maturada com migas de cogumelos e espinafres. De sobremesa há ainda um novo Carpaccio de ananás com mel e lima. 
Para acompanhar as novas sugestões, os vinhos mantêm um serviço muito especializado, com marcas selecionadas que se distinguem originalidade e diferenciação. 
PUB.
João Pedro Pedrosa, de 40 anos, assume a cozinha com o seu estilo muito próprio, construído através da experiência e empenho neste que é o seu projeto de vida. Criado numa família em que todos cozinham, procurou algumas formações na área e em 2005 abriu o primeiro restaurante no Algarve, onde esteve durante três anos. No Verão de 2008 regressa a Lisboa para abrir o atual IBO, onde estabelece este posicionamento diferenciador e aposta numa equipa forte em que o serviço mantenha a qualidade subjacente a todo o projeto. Promete, em tudo o que faz, a busca pelo sabor e o conforto à mesa.
Advertisements

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

%d bloggers like this: