Pessimismo no mercado do vinho britânico


Uma onde de pessimismo abateu-se sobre o mercado do vinho no Reino Unido depois da publicação de um estudo, elaborado para a London International Wine Fair.

Questionados que foram 50 altos responsáveis na indústria do vinho britânica, cerca de 30% responderam que estão pessimistas quanto às perspectivas para o mercado no Reino Unido para os próximos 12 meses.

O just-drinks.com refere que somente 37% admitiram-se confiantes quanto ao futuro do mercado, comparando com os 63% de há um ano.

“Estar optimista seria ignorar a realidade”, revelou ao just-drinks.com Paul Symington, director-geral da Symington Family Estates. “O mercado do vinho no Reino Unido é excepcionalmente difícil devido à recessão, ao mesmo tempo que se verifica um colapso da moeda”.

Questionados sobre quais os grandes defeitos do mercado do vinho britânico, os inquiridos referiram as taxas e os fortes descontos praticados. Jeremy Beadles, chief executive da Wine & Spirit Trade Association, admitiu que “a indústria alcançou um patamar que não consegue suportar mais aumento de taxas sem cortar trabalhadores e investimentos”.

Outro analistas referiu que “os supermercados trabalharam durante os últimos 20 anos para tornar o vinho acessível a todos os consumidores. Aumento de preço em resultado da subida das taxas – especialmente durante uma recessão – irá fazer o consumo recuar e tornar o vinho numa bebida de elites e só acessível a alguns grupos de consumidores”.

in “hipersuper”

Um pensamento sobre “Pessimismo no mercado do vinho britânico

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s